Declarações de Eurico Miranda na entrevista coletiva em São Januário

Confira as declarações do presidente do Vasco da Gama, Eurico Miranda, na entrevista desta quarta-feira, em São Januário.

Eurico sobre o risco ao não pagar as passagens para o jogo contra a Universidad de Concepción, no Chile: "Pode não ter passagem". 

Eurico: "Ninguém vai me fazer advertência. Sei da minha responsabilidade."

Eurico: "Eles (Ferj) vieram saber quem será o responsável. Se eles quiserem se responsabilizar por bilheteiros, ambulância, etc... Tudo o que é preciso. Não tem responsável."

Eurico: "Um jogo (contra o Bangu) precisa de responsáveis. Ninguém tem mais nada (cargo). Ninguém pode determinar que um voluntário continue."

Eurico: "O jogo de basquete já tinha sido pago. Vai ter. Se fosse em São Januário não teria, eu não ia assumir a responsabilidade. O próximo não sei. "

Eurico: "Eu liguei para CBF e contei a situação. Com é que fica? "Vamos reunir, discutir". Me ligaram de volta e disseram que era só fazer uma petição para prorrogar o mandato por três dias. Entramos, e ela deu essa decisão. O que quer que eu faça?"

Eurico: "Não estou magoado. Sinceramente. Contribuíram para isso. E vocês (jornalistas) gostam disso também. Estou magoado pela instituição, muita gente não faz ideia da história do Vasco, que tem sido chacota. Se pensam que vão me usar para manobras..."

Eurico: "Meu plano é fazer até o final, até que haja a reunião do Conselho. E ponto final. Eu não saiu porque sou Grande Benemérito. Questão eleitoral é outra coisa. Mas não sou candidato. O que tenho que fazer é cuidar da minha saúde, agora é minha prioridade". 

Eurico: "Eles que tomem as decisões. Não serei contra."

Eurico: "O Vasco tem sido o grande prejudicado. Sempre. O meu assunto sempre foi Vasco. Se estão preocupados se vou continuar ou não, já falei 300 vezes que não sou candidato. Não sou candidato. eles que assumam." 

Eurico: "Não vou assumir a responsabilidade. Ponto."

Eurico: "Sobre a reunião do Conselho, todas as medidas foram tomadas. E eu não sou candidato. Não serei candidato, quero deixar isso claro. Eles que se resolvam. Não tenho responsabilidade nenhuma daqui para frente. A responsabilidade é da magistrada" 

Eurico: "O jogo dificilmente será realizado (contra o Bangu)." 

Eurico: "Vou adiantar outra: tenho uma viagem para o Chile, e as passagens precisam ser pagas. Hoje era o último dia. Eles que paguem. Não vou me reunir com ninguém.  Pode ser até sobre a compra de um saco de gelo que eu não tomo medida. "

Eurico: "Acabei de receber aqui... (lê a carta deixada por Brant na secretaria do clube dizendo que não se responsabiliza). É contraditório. Não terá ato de gestão, eu não tomarei qualquer medida. Só faço o que seja responsabilidade minha." 

Eurico: "Triunvirato... Temos um jogo, e eu não seria responsável. Existem uma série de medidas que precisam ser tomadas. Ingressos, bilheteiros, segurança... Precisa ter responsável."

Eurico: "Não faço parte desse jogo. Brant entrou com documento na secretaria dizendo que não foi intimado e que não tem responsabilidade, que a responsabilidade é minha. Não vou assumir responsabilidade por três. Não será minha, só assumo quando é minha. "

Leia mais sobre: Eurico Miranda

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »