Decisão sobre futuro de Guarín gera apreensão dentro e fora do Vasco

O volante colombiano Fredy Guarín passa por problema pessoal e ainda não definiu se permanecerá ou não no Vasco da Gama.

Lá se vai uma semana sem Guarín treinar com o elenco do Vasco em São Januário. O colombiano, que atravessa momento pessoal delicado, tem feito, de forma autorizada, atividades somente fora da Colina, e a continuidade ou não dele no Cruz-Maltino gera apreensão dentro e fora do clube. Otimismo e pessimismo quanto à permanência se dividem nos bastidores e uma decisão deverá ser tomada em breve.

O meio-campista, inclusive, esteve no estádio cruz-maltino na última terça-feira. É lá que os treinos do elenco profissional têm acontecido, mas não foi para treinar que ele foi ao local. Uma reunião com dirigentes foi a pauta. Tudo muito misterioso, assim como vários capítulos do recente distanciamento do jogador.

A própria visita ao mesmo São Januário, na noite do último domingo, com uma transmissão relâmpago no Instagram, gerou certa comoção entre os vascaínos nas redes sociais. Há quem acredite, entre pessoas do clube e próximas a Guarín, que a tendência é que ele volte a treinar com os demais jogadores muito em breve. Mas isso passa longe de ser unanimidade.

Guarín segue com futuro indefinido

O colombiano tem 34 anos recém completados. O clube tem feito ações de marketing e nos bastidores na tentativa de melhorar a "cabeça" do jogador. Após longa novela, o volante que chegou para a reta final de 2019 renovou por duas temporadas. Nesta temporada foram apenas três jogos.

Leia mais sobre: Fredy Guarín

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »