Contra o Cruzeiro, Vasco tenta encerrar jejum de vitórias em São Januário

O Vasco da Gama não vence em São Januário há três jogos e busca encerrar o jejum nesta segunda-feira, contra o Cruzeiro.

A última semana do Vasco foi do torcedor. Exatamente uma semana atrás começava uma promoção que aumentou o número de sócios em cerca de 280%. Foi a paixão do torcedor falando alto, e que pode ser coroada com uma vitória em casa. E faz tempo que isso não acontece. Contra o Cruzeiro, nesta segunda-feira, o Cruz-Maltino tenta pôr fim a um jejum de três jogos sem vencer em São Januário.

O último triunfo na Colina Histórica foi no clássico com o Botafogo (2 a 1 em 16 de outubro). Desde então, derrotas para Grêmio e Palmeiras e o doído empate com o Goiás. No meio da tabela, o que o Vasco busca, na reta final deste Campeonato Brasileiro, é a melhor posição possível e honrar quem tem se doado em apoio ao clube, seja com gritos ou se tornando sócio.

- Isso nos motiva porque estamos vendo que o torcedor está abraçando. A gente vem num ano sofrido, brigando contra a zona de rebaixamento e poderíamos estar numa situação bem melhor. Vamos continuar honrando essa camisa, como fizemos durante todo o campeonato. Temos esses três jogos para dar alegria para o torcedor e deixar uma boa impressão - projeta Yago Pikachu.

Os ingressos para a arquibancada estão esgotados. A expectativa, então, é de apoio incessante. Em São Januário, o time comandado por Vanderlei Luxemburgo terá, até o fim da competição, a Raposa e, na última rodada, a Chapecoense como rivais.

- Teremos casa cheia. É importante correr e lutar muito. Vamos nos reencontrar com a torcida, estamos devendo essa vitória para eles. Ainda mais nessa semana, que teve essa campanha tão bonita. Eles estão comparecendo, temos que corresponder - valoriza Henríquez.

Leia mais sobre: Vasco x Cruzeiro, Campeonato Brasileiro

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »