CD do Vasco aprova afastamento de Mussa da Assembleia Geral mesmo após liminar

O Conselho Deliberativo do Vasco aprovou o afastamento de Mussa da presidência da Assembleia Geral, por 90 dias.

Faués Cherene Jassus, o Mussa
Faués Cherene Jassus, o Mussa (Foto: Paulo Fernandes/Vasco)

Apesar da liminar que impede o afastamento de Faués Cherene Jassus da presidência da Assembleia Geral , o Conselho Deliberativo aprovou, no início da tarde desta terça-feira, a suspensão de Mussa do cargo por 90 dias. Por conta da decisão judicial, a votação, por ora, não tem efeito prático.

Em sessão online do Conselho Deliberativo, 119 conselheiros votaram a favor da suspensão de Mussa. Outros 65 foram contra. Seis estiveram ausentes. Relatos dão conta de que foi uma sessão confusa, em que alguns beneméritos tiveram dificuldades com microfone durante a sessão.

A forma como Mussa conduziu a AGE que definiu que direta no Vasco é questionada. Há contestações sobre a segurança da empresa contratada – Eleja Online – e sobre o uso regular do cadastro de sócios para a votação. Em 8 de outubro, por 8 votos a 2, uma comissão recomendou o afastamento do presidente da AGE.

Nesta segunda, a juíza Kátia Cilene da Hora Machado Bugarim concedeu liminar, alegando que Mussa só pode ser afastado após o mérito da questão ser julgado. Na decisão, ela citou que não há ilegalidade procedimental no estatuto do Vasco no fato de Conselho Deliberativo instaurar inquérito para apuração da questão, mas afirmou que há fortes indícios de “desvio de finalidade e abuso de poder” na questão.

Mussa foi eleito pelos sócios na Assembleia Geral de 2017. A defesa do presidente do poder vascaíno defende que apenas nova Assembleia Geral poderia destituí-lo ou afastá-lo do cargo. Opositores de Mussa o acusam de ser partidário – lembram que o filho é membro da chapa “Sempre Vasco” e já defendiam o afastamento do presidente da Assembleia Geral.

O presidente da Assembleia Geral comandou os trabalhos da votação online que garantiu as diretas para as eleições de 7 de novembro. Na ocasião, os demais grupos políticos – com exceção da “Sempre Vasco” e da “Mais Vasco” – questionaram as ações de Mussa. O presidente do Vasco, Alexandre Campello, considerou a votação online ilegítima.

Fonte: Globo Esporte

Leia mais sobreMussa
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de junho de 2021
Vasco busca soluções a curto prazo para evoluir na Série B

A diretoria vem se reunindo internamente para traçar alternativas que visam a evolução do Vasco da Gama na Série B do Brasileiro.

Brant lamenta distanciamento com atual diretoria do Vasco: ‘Não estamos na gestão’

Julio Brant, líder da Sempre Vasco, afirmou não pensar em ser VP de futebol do Vasco da Gama por ”nunca ter sido convidado para a festa”.

Ação contra o rebaixamento do Vasco é encaminhada ao presidente do TJ-RJ

A ação em que um torcedor pede o cancelamento do rebaixamento do Vasco da Gama foi encaminhada ao presidente do TJ-RJ.

Mesmo pressionado, Cabo conta com apoio do elenco do Vasco

Apesar do mau momento atual, elenco do Vasco da Gama simpatiza com o trabalho de Marcelo Cabo e também com seu jeito de ser no dia a dia.

Sempre Vasco critica montagem do elenco para a Série B e diz que ‘quer ajudar’

Grupo político de Julio Brant criticou o atual elenco do Vasco da Gama e se colocou à disposição de Salgado para ajudar no que for preciso.

Vasco encara o Athletico-PR nesta sexta pelo Brasileiro Sub-17; SporTV transmite

Athletico-PR e Vasco da Gama se enfrentam nesta sexta-feira (18), às 19h, no CT do Caju, em Curitiba, pela 7ª rodada do Brasileiro Sub-17.

Vasco foi derrotado pelo CRB na última vez que enfrentou o time alagoano

Último Vasco da Gama x CRB aconteceu em outubro de 2016, em São Januário, também pela Série B, e equipe alagoana saiu vitoriosa por 2×1.

Nos últimos 200 jogos, Vasco teve menos de 50% de aproveitamento

Aproveitamento do Vasco da Gama nas últimas 200 partidas, que contam desde 2018, foi de 46,33%; foram 74 vitórias, 56 empates e 70 derrotas.

17 de junho de 2021
Marcelo Cabo tem mais que o dobro de vitórias em comparação a derrotas no Vasco

Em 21 jogos comandando o Vasco da Gama, Cabo tem 9 vitórias, 8 empates e 4 derrotas; aproveitamento é de 55,5%.

Vasco encerra 4ª rodada da Série B em 15º lugar e a apenas 1 ponto do Z4

Com 4 pontos conquistados em 12 disputados, o Vasco da Gama está a apenas 1 do Vitória, primeira equipe da zona de rebaixamento da Série B.

Veja mais notícias