Conheça Talles Magno, nova promessa do Vasco convocada para o clássico

Aos 16 anos, o atacante Talles Magno está na lista dos relacionados do Vasco da Gama para o clássico contra o Botafogo.

Depois de ver Tiago Reis ser eleito revelação do Campeonato Carioca desse ano, o Vasco espera que, em breve, outro nome da base ganhe destaque na equipe profissional: Talles Magno. Com apenas 16 anos, o menino é uma das maiores promessas de São Januário, já é titular da equipe sub-20 e, neste sábado, foi convocado por Vanderlei Luxemburgo para o clássico diante do Botafogo, no Nilton Santos.

O jovem conta como soube que começaria a treinar na equipe profissional. No começo, achou que era brincadeira.

- Estava saindo do treino. O coordenador falou que eu me apresentaria no dia seguinte ao profissional. Eu disse para ele parar de brincadeira, mas não era. Quando cheguei em casa, o Bruno (Gomes) me ligou todo animado também. Ele fica vibrando a cada treino de brincadeira, dizendo “vamos assar eles”. Luxemburgo é um cara muito focado e me recebeu muito bem, assim como todo o grupo.

Desde os 10 anos de idade no Vasco, Talles coleciona bons momentos pelo clube e, por isso, já foi convocado para a seleção brasileira sub-17. A ascensão precoce, não o assusta.

- Agradeço muito a Deus por passar por esse momento. Minha família sempre me deixou com os pés no chão. Tenho muito apoio para poder dar o melhor em campo e, por isso, estou com uma cabeça boa.

Para liberar Bruno César para o Vasco, o Sporting pediu - e terá - a preferência em uma possível futura venda.

Natural do Rio de Janeiro, Talles não mora em São Januário, mas vive por lá. Almoça todos os dias e depois estuda no Colégio Vasco da Gama, de 13h15 às 18h. No período da noite, acompanha a mãe na igreja e diz que já começou a ser reconhecido nas ruas.

- O pessoal está começando a me reconhecer. Minha mãe fica um pouco assustada, mas sabe que é normal (risos).

Em julho de 2018, Talles assinou seu primeiro contrato como jogador profissional do Vasco. O vínculo vai até o final de 2021. Principal estrela da geração nascida em 2002, ele virou esperança de tornar-se um novo Paulinho.

Talles ao lado de Tiago Reis e Bruno Gomes

Confira alguns tópicos da entrevista

Como chegou no Vasco?

Foi muito rápido. Treinava em uma escolinha em Jacarepaguá. Era um campo de areia e imaginava em jogar em um clube. Pintou um teste no Vasco. Fomos eu e outro menino. Nós passamos, mas ele não quis seguir. Logo depois, surgiu uma viagem para Portugal, e o Vasco precisava de atacante, mas eu não tinha passaporte. Minha mãe fez uma rifa com a camisa do Vasco, o patrão do meu pai ajudou e meu empresário também. Depois de uma semana, consegui tirar o passaporte e começou o Talles Magno (risos).

Defina o jogador Talles?

Gosto de jogar para o time. Se precisar que eu marque na defesa, vou marcar. Sou um jogador rápido e posso jogar pelo lado de campo ou de atacante de área.

E esse estilo de cabelo? Tem desde criança?

Eu sempre quis, mas meu pai cortava. Uma certa vez, minha mãe disse que eu deixaria crescer. Deixei crescer e está assim até hoje. Fica bonito (risos).

Qual seu maior sonho hoje?

Meu sonho é chegar no profissional, ser campeão de uma Libertadores por aqui e só depois pensar em sair. Pretendo fazer muitos gols com a camisa do Vasco e honrar esse manto sagrado.

O Vasco ajuda nessa transição para o time principal?

O PC Gusmão (coordenador da base) quando vê uma coisa errada no treino chama no canto e explica, dá dicas, conversa com a gente. Ajuda dentro de campo e fora também. Além dele, tem o Eduardo Hungaro me ajudou muito.

Leia mais sobre: Vasco x Botafogo, Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »