Confira os motivos que podem levar Guarín a deixar o Vasco

O volante colombiano Fredy Guarín está passando por problemas pessoais, que pode levá-lo a deixar o Gigante da Colina.

A notícia não é boa para o torcedor do Vasco que gosta de Fredy Guarín: clube e jogador têm conversado nos últimos dias sobre a possibilidade da rescisão do contrato, que só termina em um ano e meio. O motivo? Os problemas pessoais do colombiano, que voltou a seu país recentemente com permissão vascaína.

Guarín se divorciou recentemente e sofreu demais com a distância dos filhos quando se apresentou aos treinos no Vasco, para a volta do Campeonato Carioca. O Blog apurou que a dificuldade para ter notícias dos três herdeiros, um deles ainda bem novo, mexeu muito com o jogador.

"O Guarín ficou mau e acabamos o liberando para voltar à Colômbia com medo de que ele entrasse em depressão", justifica uma pessoa próxima ao presidente vascaíno Alexandre Campello. "A verdade é que o Guarín adora o Vasco, a torcida e sua vida no Rio de Janeiro. Mas tem sofrido demais com a distância em relação aos filhos", completa.

É por causa disso que clube e jogador passaram a discutir nos últimos dias a possibilidade da rescisão do contrato. De forma amigável. O vínculo havia sido prorrogado em fevereiro deste ano e só termina no fim da próxima temporada.

Guarín ao lada da filha

Se serve de alento, o torcedor vascaíno não deve ficar preocupado em relação aos boatos de que Guarín pode virar reforço do Corinthians. O colombiano, de 34 anos, deixou claro aos dirigentes vascaínos que tem a ideia de seguir em seu país. E, se conseguir resolver os problemas com sua ex-mulher, só jogará no Vasco entre os clubes brasileiros.

Leia mais sobre: Fredy Guarín

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »