Confira os desafios do departamento de futebol do Vasco

José Luis Moreira terá grande desafios na vice-presidência de futebol do Vasco neste período com os campeonatos parados.

O Vasco deve ter uma semana importante pela frente. Após uma semana em quarentena voluntária após retornar de Portugal, José Luis Moreira, novo vice-presidente de futebol, terá uma reunião com o presidente Alexandre Campello para determinar alguns pontos importantes do futuro vascaíno. O encontro, ainda não definido se seria presencial ou não, seria nesta segunda-feira, mas acabou não acontecendo. Os dois se falaram apenas por telefone. O LANCE! mostra as decisões deste primeiro momento.

TREINADOR

O principal assunto a ser discutido é o nome do próximo treinador. Após a saída de Abel Braga, o Vasco está com o cargo vago, mas lida com cautela para tomar a decisão. Na mesa, nomes de técnicos brasileiros e também portugueses. Moreira fez questão de ressaltar a qualidade das opções no país, mas chegou a falar informalmente com outras alternativas da Terrinha.

- Não tive acesso aos dados e aos valores que posso gastar. Os treinadores têm de entender que o tempo das "vacas gordas" acabou. Se pedir 500, 600 mil, não vai para o Vasco. Temos que ter a consciência de que não é possível gastar o que gastava antes. Pés no chão. Podemos avaliar um técnico português, mas aqui no Brasil tem muita gente boa - disse José Luis Moreira, em entrevista à Rádio Tupi.

DEPARTAMENTO DE FUTEBOL

A partir desta terça, José Luis pode anunciar também algumas pessoas de confiança que chegam junto a ele para a gestão. Os principais pontos de trabalho são encontrar reforços com possibilidades financeiras baixas e voltar a ter credibilidade no mercado para atrair investidores. Para isso, é importante que o clube continue acertando as pendências salariais, como fez nesta segunda, pagando a segunda parcela do 13º a jogadores e funcionários.

SALÁRIOS E SILÊNCIO DOS JOGADORES

O pagamento, porém, ainda não foi suficiente para que os jogadores voltem a conceder entrevistas. Mesmo com a parada no calendário pela pandemia de coronavírus, os atletas seguem em protesto pelos atrasos salariais por enquanto. Antes da saída de Abel, Alexandre Campello tentou convencer os atletas a voltarem a falar também como uma forma de ajudar a proteger o treinador. No entanto, nenhum acordo foi feito.

REFORÇOS

Recuperar a imagem do clube passa diretamente pela contratação de reforços. Atualmente, o Vasco tem apenas Germán Cano e Martín Benítez anunciados, além das renovações de Fredy Guarín e Fellipe Bastos. Entretanto, o baixo rendimento da equipe no início do ano mostrou a necessidade de mais atletas para suprir as carências do elenco. A dificuldade é encontrar nomes que equilibrem a asfixia financeira e a qualidade técnica.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »