Confira as opções de Abel Braga para substituir Talles Magno

O técnico Abel Braga terá a missão de encontrar um substituto para o atacante Talles Magno, que ficará fora por três meses.

Além do aspecto financeiro, uma vez que planejava vender Talles no meio do ano, a lesão do atacante trará prejuízo técnico ao Vasco. Desde o ano passado, o jovem de 17 anos é um dos protagonistas do time. Sem ele, Abel Braga tem a missão de encontrar um substituto. A direção não vai contratar para repor a perda.

- Talles não é uma reposição simples. Hoje é dos principais jogadores nossos. A vinda do Benítez, pela versatilidade, afinal, ele já atuou pelo meio e pela ponta, ajuda. Temos limitação orçamentária, então, precisamos avaliar se as soluções estão no elenco e temos de desenvolver os meninos - afirmou André Mazzuco, diretor executivo de futebol.

Com elenco enxuto, não são muitas as opções. Abel, no entanto, tem alternativas à disposição. Algumas delas, mudariam a forma de o time jogar.

Vinicius

É quem larga na frente como opção imediata. Integrado após a Copinha ao elenco profissional, entrou bem nos jogos e conquistou a torcida. Aos 18 anos, mostrou personalidade e não se intimidou com a oportunidade, apesar de Abel ter dito que ele ainda não repetiu o nível de atuação que teve na Copa São Paulo, em janeiro.

Vinícius costuma jogar no lado esquerdo do ataque, mesmo setor de Talles, embora o titular viesse alternando com Marrony, nos últimos jogos. Abel pode ainda escalar Marrony na esquerda, setor no qual rende melhor, e, desta forma, apostar em Vinícius na direita. É, ao menos na teoria, o substituto favorito para começar a próxima partida, contra o Resende, no sábado, na abertura da Taça Rio.

Benítez

pesar de ainda não ter sido oficializado, o argentino é aguardado nesta quinta-feira no Rio de Janeiro para assinar contrato até dezembro. No Independiente, ele se destacou jogando pelo lado direito do ataque. Nesse caso, poderia entrar no setor, com Marrony sendo deslocado para o lado esquerdo, onde teve as primeiras chances no Vasco.

No entanto, há questões a serem levantadas. Ainda não se sabe quando Benítez terá condições de jogo. Ele vinha treinando normalmente com o Independiente até semana passada e disputou dois jogos em 2020. Supostamente, a questão física não será problema. No entanto, o argentino, quando oficializado, ainda terá de ser regularizado, inscrito no Carioca e conseguir o visto de trabalho. A parte burocrática, por vezes, demanda tempo.

Também ainda não se sabe como Abel pretendo aproveitá-lo. Com a carência de um armador no elenco, existe a possibilidade de o argentino jogar centralizado, no meio de campo. A lesão de Talles, no entanto, pode mudar os planos da comissão técnica.

Gabriel Pec

Destaque da pré-temporada, na opinião de Abel, o meia-atacante perdeu espaço nos últimos jogos e sequer foi relacionado para o jogo contra o Oriente Petrolero, na Bolívia. Com a lesão de Talles, pode ressurgir ao longo da Taça Rio aberto pela direita, função em que foi testado por Vanderlei Luxemburgo, no ano passado. Por ora, corre por fora na disputa.

Ribamar

A entrada de Ribamar mudaria a característica do ataque do Vasco, mas não deixa de ser opção. Apesar de jogar como centroavante, Ribamar é um jogador de força e também pode ser explorado fora da área. Nesse caso, Abel jogaria com dois homens de área.

Ribamar pode ganhar vaga no Vasco

Guarín

É certo que o colombiano terá uma vaga no time a partir da Taça Rio. Marcos Júnior é o mais cotado para sair. Porém, com a lesão de Talles, um meio de campo com quatro homens passa a ser uma alternativa. Nesse caso, Abel reforçaria o setor e jogaria apenas com Marrony e Cano no ataque.

Guarín já está liberado pela preparação física e deve ser titular contra o Resende, no sábado.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »