Concorrente contra rebaixamento? Vasco ironiza presidente do CSA

O Vasco da Gama não perdeu a oportunidade de ironizar o presidente do CSA após a vitória por 3x0 neste domingo.

Depois de vender os mandos de campo de alguns jogos no Brasileirão, o presidente do CSA, Rafael Tenório, disse que não pensava em negociar a partida contra o Vasco para outra praça, pois o Cruz-Maltino era um "concorrente direto" na briga contra o rebaixamento, e o fator casa poderia fazer diferença.

Os cariocas usaram a declaração do dirigente para provocar o clube alagoano após a vitória por 3 a 0 neste domingo no Estádio Rei Pelé.

- Eu não penso em fazer a venda de um jogo CSA x Vasco, por exemplo. Não vou, porque eu posso trazê-lo para cá e porque é meu concorrente direto para livrar da zona de rebaixamento - disse Rafael em maio após venda do mando de campo da partida contra o Flamengo.

No momento da declaração, o Campeonato ainda estava na quarta rodada. O Vasco tinha três derrotas e uma vitória na competição. Passado mais de um turno, o Cruz-Maltino chegou aos 42 pontos e se afastou do Z-4: tem nove pontos a mais que o Botafogo, primeiro time da zona do rebaixamento e que ainda joga nesta rodada.

O jogo contra o CSA foi o primeiro no Brasileirão 2019 em que o Vasco fez três gols em uma mesma partida. Antes, o time tinha marcado mais de duas vezes no Campeonato Carioca (5 a 2 no Volta Redonda e 3 a 0 no Resende) e na Copa do Brasil (3 a 2 no Avaí).

Na próxima quarta-feira, o Vasco enfrenta o Flamengo, às 21h30, no Maracanã, em jogo adiantado da 34ª rodada.

Leia mais sobre: Campeonato Brasileiro, Notícias Exclusivas

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »