Castan vive pior momento no Vasco e sofre críticas da torcida

Zagueiro e capitão do time do Vasco da Gama, Leandro Castan vive seu pior momento no Clube e vem recendo críticas da torcida.

Castan durante desembarque em São Paulo
Castan durante desembarque em São Paulo (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Leandro Castan se notabilizou por ser a voz da liderança no Vasco. Chegou ao clube em 2018, após superar um câncer, com a bagagem de seis temporadas no futebol italiano, e logo se transformou em exemplo para os companheiros de elenco. Porém, a voz que tanto cobrou, que tanto estimulou o vestiário, que tanto cobrou a diretoria em nome dos companheiros, ficou rouca em meio à difícil luta para escapar do rebaixamento.

Para a partida contra o Corinthians, no domingo, na Neo Química Arena, há boas chances de ser mantido na equipe titular e formar a dupla de zaga com Marcelo Alves, deixando Ricardo Graça na reserva. Mas a convicção da torcida em torno do capitão não é a mesma que antes. Leandro Castan vive seu pior momento na Colina.

Além da má fase técnica, pesa contra ele a entrevista após a derrota para o Fortaleza — derrota por 3 a 0 —, quando o abatimento pela condição do time não pode ser disfarçado. O técnico Vanderlei Luxemburgo e a diretoria saíram em defesa do zagueiro.

Na última quarta-feira, ele postou nas redes sociais uma mensagem explicando porque atravessa fase reclusa:

“O silêncio não é covardia, é sabedoria de quem aprendeu a confiar em Deus”.

Em um elenco formado por garotos ou jogadores com passagens por clubes menores, Leandro Castan é quem tem o currículo de maior expressão. Por isso é um dos mais cobrados. Antes de defender a Roma, período em que chegou a ser chamado para a seleção, foi campeão brasileiro e da Libertadores com o Corinthians. Será justamente diante dos paulistas que tentará a volta por cima e a vitória que poderá ajudar na luta contra a Série B.

O zagueiro cruz-maltino costuma dizer que tenta retribuir a confiança que o Vasco depositou nele ao trazê-lo de volta ao Brasil, depois do câncer, com o retorno do time aos melhores dias, à disputa de uma Libertadores. Por ora, não é nem preciso tanto. Só de manter a equipe na Primeira Divisão, já estará de muito bom tamanho.

Remanescente de estratégia no futebol

Leandro Castan é o símbolo de uma estratégia que o Vasco adotou durante a gestão de Alexandre Campello: a contratação de veteranos com histórico de destaque no futebol europeu.

Em 2018, além dele, veio o argentino Maxi López. Os dois foram importantes no segundo semestre daquele ano e ajudaram o Vasco a seguir na Série A. No ano seguinte, chegou Bruno César para ser o dono da camisa 10.

Tanto o atacante quanto o meia fracassaram em São Januário e deixaram o clube. Leandro Castan ficou e se transformou numa referência. Depois do primeiro contrato curto, de seis meses, assinou um novo até dezembro de 2022.

Fonte: Extra Online

Leia mais sobreLeandro Castan

1 comentário

  • Tom silva - 19 de fevereiro de 2021

    Jogador de série b nunca gostei desse cara !

    Responder

Deixe sua opinião

Últimas notícias

6 de maio de 2021

Sucesso! Leilão de Cano dá pane em site e supera camisas de Gabigol e Arrascaeta

O leilão que está sendo realizado pelo atacante do Vasco da Gama, Germán Cano, está sendo um sucesso mesmo em poucas horas no ar.

Jogadores do Vasco participam de palestra sobre racismo e treinam no CT do Almirante

Assista à trechos da palestra do professor José Nilton Júnior sobre racismo e trechos do treino do Vasco da Gama desta quinta-feira.

Vasco TV mostra ‘aula’ de golfe com Germán Cano; assista

O atacante do Vasco da Gama, Germán Cano, além de artilheiro no futebol, também não deixa a desejar jogando golfe.

Vasco divulga balanço dos primeiros 100 dias da gestão de Jorge Salgado

Nesta quinta-feira o Vasco da Gama divulgou o balanço dos primeiros 100 dias da gestão do presidente Jorge Salgado.

Vasco perdeu percentual do direito econômico das pratas da casa

Balanço divulgado pelo Vasco da Gama mostra queda no percentual do direito econômico de jovens revelados no Clube.

Caso se classifique para a final da Taça Rio, Vasco terá calendário apertado em maio

Com início da Série B marcado para o final de maio, o Vasco da Gama pode ter calendário apertado caso se classifique para final da Taça Rio.

Em menos de 2 meses no Vasco, Zeca quase iguala número de jogos pelo Bahia

Em menos de dois meses no Vasco da Gama, Zeca está prestes a igualar o número de jogos que teve no Bahia durante passagem pelo clube em 2020.

Vasco permanece na 7ª colocação no ranking digital dos clubes brasileiros

O Vasco da Gama segue na sétima colocação no ranking digital dos clubes do Brasil, com crescimento considerável no TikTok.

Em fim de empréstimo, Bruno César segue com futuro indefinido no Vasco

Emprestado ao Penafiel, o meio-campista Bruno César, que tem contrato com o Vasco da Gama até maio de 2022, segue com futuro indefinido.

Sub-20: Vasco está próximo de acerto com o atacante Emerson Urso, do São Caetano

Time do Sub-20 do Vasco da Gama deve fechar com o atacante Emerson Urso, que vem se destacando no Campeonato Paulista pelo São Caetano.

Veja mais notícias