Campello se encontra com Mussa e AGE pode ser adiada para setembro

O presidente do Vasco da Gama, Alexandre Campello, disse que sua intenção é de que a AGE aconteça de uma forma legítima.

Alexandre Campello
Alexandre Campello (Paulo Fernandes/Vasco da Gama)

Na última quinta-feira (27) houve uma reunião entre o presidente administrativo, Alexandre Campello, e o presidente da Assembleia Geral, Faues Mussa, que teve em pauta a realização da AGE do Vasco da Gama.

O encontro aconteceu na sala da presidência, em São Januário. Nele, Alexandre Campello apresentou uma proposta para Faues Mussa para que a Assembleia Geral Extraordinária seja adiada para 10 de setembro.

Segundo informação do site Globo Esporte, Alexandre Campello deixou a reunião bastante otimista sobre um possível acordo. Em entrevista, o mandatário disse que busca fazer a AGE de ‘forma legítima’, dizendo que se ela acontecer neste domingo (30), não cumprirá todos os ritos necessários e deixará brecha para ações na Justiça.

– Fiz uma proposta a ele na tentativa de fazer acontecer a AGE. Muito claramente a gente vê uma série de equívocos que podem gerar manobras judiciais que anulem a assembleia. Eu não gostaria que ela fosse anulada. Eu propus que a gente adiasse para o dia 10 de setembro, e os ritos fossem cumpridos. Daria tempo de a diretoria administrativa contratar a empresa para fazer a votação eletrônica. Hoje, quinta, contratar uma empresa para domingo é inviável. Ele (Mussa) parece que entendeu, disse que conversaria com o departamento jurídico dele e me daria uma resposta.

Alexandre Campello disse que está empenhado que a AGE aconteça, mas quer fazer tudo dentro do que se pede para que não aconteçam mais disputas judiciais acerca da reunião. O presidente disse que Faues Mussa aceitou a proposta inicialmente, mas que entrará em contato com o seu departamento jurídico para tomar uma decisão.

– Estou bastante empenhado que a AGE aconteça, mas dentro da legalidade. Essa é a melhor maneira de acontecer a eleição direita. A empresa precisa ter essa lista de sócios cadastrada para trabalhar os votos, fazer testes. A empresa disse que precisa de sete dias úteis para botar de pé essa votação. Desse jeito não teríamos problemas. A gente quer muito que isso aconteça. Acho que não tem dúvidas: todos querem que a eleição ocorra de maneira direita, mas não queremos mais brigas judiciais que possam inviabilizá-la. O Mussa, a princípio aceitou a proposta, mas ficou de conversar com jurídico e me responder. Espero que prevaleça o bom senso – conclui Campello, que ainda citou um custo três vezes menor da empresa com que está negociando em relação à empresa contratada por Mussa.

O Globo Esporte ainda apontou um problema no possível adiamento da Assembleia Geral. Consta no estatuto do Vasco que a eleição precisa acontecer na primeira quinzena de novembro, e entre o fechamento da lista e pleito é preciso ter 60 dias de campanha, sendo assim, o adiamento da AGE para o dia 10 de setembro poderia atrasar o calendário eleitoral do Clube.

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
18 de junho de 2021
Brant lamenta distanciamento com atual diretoria do Vasco: ‘Não estamos na gestão’

Julio Brant, líder da Sempre Vasco, afirmou não pensar em ser VP de futebol do Vasco da Gama por ”nunca ter sido convidado para a festa”.

Ação contra o rebaixamento do Vasco é encaminhada ao presidente do TJ-RJ

A ação em que um torcedor pede o cancelamento do rebaixamento do Vasco da Gama foi encaminhada ao presidente do TJ-RJ.

Mesmo pressionado, Cabo conta com apoio do elenco do Vasco

Apesar do mau momento atual, elenco do Vasco da Gama simpatiza com o trabalho de Marcelo Cabo e também com seu jeito de ser no dia a dia.

Sempre Vasco critica montagem do elenco para a Série B e diz que ‘quer ajudar’

Grupo político de Julio Brant criticou o atual elenco do Vasco da Gama e se colocou à disposição de Salgado para ajudar no que for preciso.

Vasco encara o Athletico-PR nesta sexta pelo Brasileiro Sub-17; SporTV transmite

Athletico-PR e Vasco da Gama se enfrentam nesta sexta-feira (18), às 19h, no CT do Caju, em Curitiba, pela 7ª rodada do Brasileiro Sub-17.

Vasco foi derrotado pelo CRB na última vez que enfrentou o time alagoano

Último Vasco da Gama x CRB aconteceu em outubro de 2016, em São Januário, também pela Série B, e equipe alagoana saiu vitoriosa por 2×1.

Nos últimos 200 jogos, Vasco teve menos de 50% de aproveitamento

Aproveitamento do Vasco da Gama nas últimas 200 partidas, que contam desde 2018, foi de 46,33%; foram 74 vitórias, 56 empates e 70 derrotas.

17 de junho de 2021
Marcelo Cabo tem mais que o dobro de vitórias em comparação a derrotas no Vasco

Em 21 jogos comandando o Vasco da Gama, Cabo tem 9 vitórias, 8 empates e 4 derrotas; aproveitamento é de 55,5%.

Vasco encerra 4ª rodada da Série B em 15º lugar e a apenas 1 ponto do Z4

Com 4 pontos conquistados em 12 disputados, o Vasco da Gama está a apenas 1 do Vitória, primeira equipe da zona de rebaixamento da Série B.

4-4-2 ou outro! Vasco precisa sair do 4-3-3 de ‘conforto’ e testar um esquema diferente

As opções são limitadas, mas qualidade não é o único problema do Vasco da Gama, que precisa sair da zona de conforto testar outro esquema.

Veja mais notícias