Campello fala sobre construção de CT, reforços e permanência de Ríos

O presidente do Vasco da Gama, Alexandre Campello, entre outros assuntos, mostrou interesse na permanência de Andrés Ríos.

Na tarde desta quinta-feira (14), o presidente do Vasco da Gama, Alexandre Campello, concedeu uma entrevista exclusiva ao programa “Os Donos da Bola”, da Rede Bandeirantes, onde falou sobre diversos assuntos importantes relacionados ao Gigante da Colina, e sobre o seu início de mandato.

Balanço do seu primeiro semestre no Vasco

Eleito o novo presidente administrativo do Vasco em janeiro, Alexandre Campello está concluindo seu primeiro semestre no comando do Gigante da Colina. Em relação a isso, o mandatário fez um breve balanço do que foi realizado no seu início de trabalho à frente do Clube.

“Nesses primeiros cinco meses o trabalho foi basicamente de sanear algumas dificuldades emergenciais, mas muito de conhecer a real situação do Clube. A realização do balanço nos possibilitou um entendimento mais profundo da questão financeira, o comprometimento da receita e o grau de endividamento e, paralelamente, iniciamos uma restruturação da gestão do Clube. Todo o nosso planejamento foi feito até 2020, para que tenhamos um fluxo de caixa com melhoras em 2019 e uma estabilização no ano seguinte”.

CT das Vargens

Alexandre Campello se mostra satisfeito por ter conseguido o aluguel CT das Vargens, para utilizá-lo nos próximos anos do seu mandato. Ele destaca que conseguiu dar melhorias na estrutura e proporcionar as melhores condições para que a comissão técnica e jogadores desenvolvessem o trabalho da melhor maneira possível.

“Obviamente, sem nunca deixar de estar atento ao futebol, em dar todas a condições para que o futebol do Vasco caminhasse de forma competitiva, então conseguimos um CT provisório para que pudéssemos utilizar até o final do nosso mandato em 2020. Dotamos esse CT de todas as condições para que a comissão técnica e os jogadores pudessem fazer um bom trabalho, e agora nossa intenção é iniciar um novo ciclo. Estamos buscando uma área para a construção de um CT”.

Melhorias no entorno de São Januário

Nesta semana, Alexandre Campello se encontrou com o prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, onde entre assuntos, apresentou a necessidade da realização de melhorias no entorno de São Januário. Em relação a isso, o presidente detalhou como foi o encontro com o prefeito, falando como apresentou a situação do estádio, que tem a necessidade de ser modernizado. Campello citou ao prefeito os desafios dos torcedores para chegarem ao local, que é um patrimônio da cidade do Rio de Janeiro.

“A reunião com o prefeito Marcelo Crivella foi no sentido de mostrar para ele a necessidade do Clube, que tem um estádio que foi construído pelos seus torcedores e sócios, e que precisa de uma ajuda da prefeitura no sentido de melhorar o entorno e a acessibilidade. São Januário é um patrimônio da cidade, e que tem sido sufocado pelo entorno. Hoje, para o torcedor chegar no estádio é um desafio, e para que nós consigamos fazer qualquer tipo de melhoria e modernização, é fundamental que tenhamos como base a melhora do entorno”.

Terreno para a construção do CT próprio do Vasco

Ainda sobre a reunião com Marcelo Crivella, Alexandre Campello também abordou o assunto do terreno para a construção do CT próprio do Vasco, que fica localizado em Vargem Grande, ou se havia a possibilidade de escolher um novo lugar. O presidente contou que o prefeito se mostrou compreensivo com a situação e disposto a colaborar com o Vasco. O mandatário aguarda por uma resposta nos próximos dias e semanas.

“Nós levamos ao prefeito a possibilidade de escolher um novo terreno, que fosse factível de se construir um centro de treinamento, ou que a prefeitura se incumbisse de fazer toda a parte de aterro e nivelamento do terreno, associada a liberação de uma licença ambiental. O prefeito foi muito sensível, se mostrou disposto a colaborar com o Vasco e vamos estar acompanhando isso nos próximos dias e semanas, para ver se desse ponta pé inicial nós consigamos bons frutos para o Vasco. Ele fica localizado em Vargem Grande”.

Presidente Alexandre Campello

Saída de Zé Ricardo

Sobre a declaração do técnico Zé Ricardo, que alegou desgaste pessoal após deixar o comando do Vasco, Alexandre Campello entende que a conturbada situação política do Clube e os atrasos salariais, contribuíram com o desgaste do treinador, coisas que foram se dando ao longo do tempo e da passagem dele por São Januário.

“Acho que tem um todo. Óbvio que a questão política ela trouxe no período da eleição uma certa instabilidade, e isso é inegável que de alguma forma afeta e Zé Ricardo foi um cara que segurou muito essa questão, os salários atrasados, de alguma forma isso teve importância. Mas esse desgaste, pelo que conversei com ele, veio se dando ao longo do tempo e esses foram, de fato, alguns dos motivos que pesaram nesse desgaste”.

Chegada de reforços; esforço para manter Andrés Ríos

Concluindo a entrevista, como não poderia faltar, Alexandre Campello falou sobre a chegada e permanência de alguns jogadores. Ele conta que o Vasco está atento e pretende trazer reforços para a equipe, mas destacou também a renovação de Yago Pikachu, que está encaminhada, e o esforço para manter Andrés Ríos, que tem o seu contrato se encerrando no fim do mês, mas que ainda não teve definição sobre se permanece ou não em São Januário.

"Estamos atento e trabalhando para que o Vasco se reforce, e esse reforço começa pela manutenção daqueles que lá estão, como o Yago Pikachu, o próprio Andrés Ríos, que existe a intenção em mantê-lo no Clube. Vamos nos esforçar para que permaneça com o Pikachu, com quem nós temos uma negociação muito bem encaminhada, e estamos ouvindo um pouco a nova comissão técnica que está avaliando melhor a equipe, e a partir de um posicionamento deles, é que vamos brigar por esses reforços. Estamos atentos e com a intenção de reforçar a equipe”.

Alexandre Campello tem encontrado dificuldades neste início da mandato, mas nos parece com domínio do que está projetando para o Clube. Caso consiga melhorar a equipe neste segundo semestre, ele pode ter um mandato mais tranquilo em 2019.

Leia mais sobre: Andrés Ríos, Alexandre Campello, Notícias Exclusivas

Comentários

Leia também