Campello e Abad se reúnem com Governo do Rio para falar sobre o Maracanã

Os presidentes de Vasco e Fluminense se reuniram com o Governo do Rio nesta terça-feira para falar do futuro do Maracanã.

Além do Flamengo, Vasco e Fluminense também se reuniram, nesta terça-feira, com representantes do Governo do Estado do Rio de Janeiro para tratar do futuro do Maracanã. Em momentos diferentes, os presidentes Alexandre Campello e Pedro Abad estiveram no Palácio Guanabara.

Ainda com um vínculo junto ao Consórcio que terá seu contrato rescindido, o Fluminense decidiu com o governo, nesse primeiro encontro, apenas trocar informações de administração do estádio, custos de operação, como gerenciar abertura de setores de forma independente... A ideia é levantar o máximo de informações para decidir por nova licitação. O Tricolor defende maior participação dos clubes.

O Vasco, que se aproximou muito do Consórcio no início desse ano e já tinha apalavrado um contrato de mais 10 jogos para a temporada, também esteve no Palácio para trocar informações, mas sem saiu sem nenhuma decisão prontamente estabelecida.

Nesta segunda-feira, o governador Wilson Witzel anunciou o rompimento com o consórcio que gere o estádio atualmente. A decisão passa a ter valor dentro de 30 dias contados a partir deste 18 de março. Witzel esclareceu que foi determinante para decisão o não pagamento da outorga pelo consórcio, além do mesmo não ter apresentado garantia de quitação de débitos em caso de contratempo. As dívidas desde maio de 2017 chegam a R$ 38 milhões.

Consórcio se defende

A empresa que administra o Maracanã emitiu nota na noite desta segunda-feira lamentando a decisão do governo do Rio de Janeiro de reassumir o controle do estádio. O comunicado fala em possível "limbo jurídico" do local. Segundo o comunicado, as dívidas reclamadas pelo governador Wilson Witzel dizem respeito a contrapartidas que estavam previstas em contrato e não foram colocadas em prática.

* Colaboraram Gabriela Moreira e Vicente Seda.

Leia mais sobre: Alexandre Campello

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »