Campello coloca Maracanã como opção durante reforma de São Januário, mas não descarta outras opções

O presidente do Vasco da Gama, Alexandre Campello, tem interesse no Maracanã principalmente para jogos de grande apelo de público.

Campello em live dos 122 anos do Vasco
Campello em live dos 122 anos do Vasco (Foto: Divulgação)

Durante a live de aniversário dos 120 do Vasco da Gama, o presidente Alexandre Campello anunciou o encaminhamento de uma parceria com a empresa WTorre para a reforma de São Januário.

O projeto é o mesmo apresentado ainda em 2018, mas está sujeito a pequenas alterações. Para que seja tocado, o Vasco busca investidores, o que ainda não obteve sucesso, mas o futuro de tudo isso depende da eleição.

A reforma está prevista para começar no segundo semestre de 2021, com conclusão em agosto de 2023. Seriam cerca de dois anos sem a Colina Histórica, o que abre a dúvida sobre onde o Vasco jogará nesse período.

Sobre esse assunto, Alexandre Campello respondeu em entrevista ao site Globo Esporte. O comandante vascaíno contou que tem a vontade que o Vasco jogue no Maracanã, citando que se trata de um estádio público, principalmente para jogos grandes, mas que pode buscar outras alternativas.

– Acho que deve ir para o Maracanã. Para mim, o estádio é do estado. A gente terá de construir soluções. Elas existem, então, temos de ver a melhor. Se o jogo é de grande público, o melhor palco é o Maracanã. Caso contrário, se busca outras. O Maracanã precisa de taxa de ocupação alta, caso contrário ele é deficitário. Vamos buscar a melhor solução. O fato é que onde for o vascaíno vai.

O custo estimado da reforma de São Januário é de R$ 275 milhões, sendo que o Vasco cederá o direito de uso do estádio por tempo determinado, mas a Colina Histórica não será dada como garantia. Seria uma parceria quase nos mesmos moldes de como funciona entre Palmeiras e WTorre no Allianz Parque.

Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
11 de maio de 2021
Saudades de um ídolo! Vasco homenageia Ademir Menezes, que faleceu há 25 anos

O Vasco da Gama lembrou o falecimento do seu ex-jogador, Ademir Menezes, que está completando 25 anos nesta terça-feira.

Justiça determina que Vasco reintegre os 186 funcionários demitidos; prazo é de 5 dias

O juiz Robert de Assunção Aguiar determinou que o Vasco da Gama reintegre os 186 funcionários demitidos no início da atual gestão.

Ygor Catatau avalia passagem pelo Vasco: ‘Muito importante’

Em entrevista, o atacante do Vitória, Ygor Catatau, falou sobre sua passagem pelo Vasco da Gama na temporada 2020.

Globo pede, e Série B terá jogos às quartas e domingos com transmissões nacionais

Devido à presença do Vasco da Gama e de outros clubes grandes, Série B de 2021 terá jogos também às quartas e domingos além dos dias usuais.

Impasse com certidões negativas impede o Vasco de receber R$ 6 milhões da Caixa

Valor é referente a 2017, último ano de patrocínio da Caixa ao Vasco da Gama, mas pendências com certidões negativas impedem o recebimento.

Acordo com o Fluminense garantiu 30% dos direitos de Miguel ao Vasco; pai nega

O Vasco da Gama possui 30% dos direitos econômicos do atacante Miguel, do Fluminense, mas seu pai nega na Justiça.

Futebol 7: Vasco anuncia contratação de Leandro Aguiar

O ala Leandro Aguiar, que tem passagens pelo Botafogo e Portuguesa, foi contratado pelo Vasco da Gama para defender a equipe de Futebol 7.

Pagamento de quase R$ 4 milhões permitiu ao Vasco registrar reforços contratados

Caso não tivesse quitado uma dívida de R$ 3,7 milhões que tinha com credores, o Vasco da Gama ficaria impedindo de registrar novos atletas.

Leandro Castan é homenageado pela Casa Ronald McDonald

Zagueiro do Vasco da Gama, Leandro Castan recebeu uma homenagem de agradecimento da Casa Ronald McDonald, do Rio de Janeiro.

Odvan inicia comercialização de vídeos personalizados aos torcedores

Projeto tem como objetivo proporcionar o recebimento de videomensagens exclusivas feitas por Odvan, ex-zagueiro do Vasco da Gama.

Veja mais notícias