Cabine do VAR teve pane e parou de funcionar no Nilton Santos

A cabine do VAR parou de funcionar aos 30 minutos do segundo tempo de Vasco x Urubu, após pane elétrica no Nilton Santos.

Uma das novidades do Campeonato Carioca deste ano, o VAR (árbitro de vídeo) teve problemas durante a primeira partida da final entre Vasco e Flamengo. Uma pane elétrica fez com que o dispositivo parasse de funcionar a partir dos 30 minutos do segundo tempo.

O problema no VAR ocorreu minutos depois de ser acionado para avaliar o que seria o segundo gol do Flamengo. Aos 25 minutos, Bruno Henrique marcou após, mas o lance foi anulado por impedimento após consulta ao árbitro de vídeo.

Curiosamente, a decisão da arbitragem foi questionada pelo comentarista da TV Globo e ex-árbitro Paulo César de Oliveira. Em sua interpretação, houve um novo lance após Werley tentar o corte, o que invalidaria o impedimento.

Após o lance ser invalidado, Bruno Henrique, que já havia inaugurado o placar, marcou o segundo e definiu a vitória do Flamengo, que abriu boa vantagem para a finalíssima no próximo fim de semana.

Sem o árbitro de vídeo, o Flamengo reclamou de um lance polêmico no fim da partida. Já nos últimos minutos, Diego arrancou no campo de ataque e caiu após choque dentro da área. Os rubro-negros pediram pênalti, mas a arbitragem mandou o lance seguir.

Leia mais sobre: Vasco x Flamengo, Campeonato Carioca

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »