Bruno César comenta primeiro gol pelo Vasco e vaias da torcida

O meia Bruno César comemorou o seu primeiro gol pelo Vasco da Gama e afirmou que as críticas da torcida foram exageradas.

Uma das principais contratações da temporada, Bruno César marcou pela primeira vez pelo Vasco na vitória sobre o Resende, na última quarta-feira. O meio-campista falou, em entrevista coletiva realizada nesta quinta-feira, em São Januário, que tirou um peso das costas e, agora, espera por mais.

- Eu vinha fazendo bons jogos, mas acho que fica aquele sentimento de quando vai sair o primeiro gol e isso tira um peso das costas. Estava trabalhando para isso, mas o importante foi o Vasco vencer, independente de quem faça os gols. Temos muitos jogos pela frente e ainda bem que saiu antes do Brasileiro, que tem mais responsabilidade. Foi no momento certo e na hora certa - afirmou.

O Vasco e o treinador Alberto Valentim foi alvo de vaias da torcida nas últimas partidas. Apesar do começo de ano positivo, alguns torcedores criticaram algumas decisões do treinador na partida contra o Avaí, pela Copa do Brasil. Bruno César, por sua vez, enxerga que o torcedor deve cobrar por resultados, mas que as críticas foram exageradas.

- Creio que não é uma cobrança exagerada, mas a gente vinha de 13 jogos sem perder. Não menosprezando ninguém, não jogamos apenas com time pequeno, jogamos contra Flamengo, Fluminense. Tem que ter a cobrança, mas ela deve acontecer no momento certo. Alberto é um excelente profissional e um dos melhores treinadores que eu já tive. Muito inteligente e sabe armar o time, e a responsabilidade não é só dele - comentou.

Bruno César contra o Resende

Ainda em defesa ao treinador, Bruno César afirmou que a culpa por atuações irregulares não é apenas de Alberto Valentim, já que são os jogadores que ficam dentro de campo e todos devem lutar por bons resultados.

- A gente treina a semana toda e se a gente não se doar dentro de campo e valorizar o trabalho do treinador, isso não vale nada. A gente tem uma parte da culpa também. O Alberto está fazendo um excelente começo de ano. Ele é o nosso comandante e temos que respeitar as opções dele e acatar - completou.

Leia mais sobre: Bruno César

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »