Blogueiro defende Fabrício e exalta entrada de Thiago Galhardo

Blogueiro defendeu Fabrício de críticas da torcida e exaltou a entrada de Thiago Galhardo no clássico contra o Fluminense.

O lado esquerdo das arquibancadas do Maracanã, onde estava a torcida do Vasco, gritou pela segunda vez o coro ''Tira o Fabrício'', quando havia dez minutos do segundo tempo. Covardia com o jogador, apesar de não estar jogando bem. Diferente do que fez contra o Cruzeiro, Alberto Valentim trocou Fabrício por Thiago Galhardo. Em sua primeira jogada, o substituto tentou cruzamento e a bola desviou no braço aberto de Paulo Ricardo.

O pênalti indiscutível foi cobrado por Maxi López e deu a vitória ao Vasco, agora com 38 pontos, mais perto da salvação.

O Vasco treinou muito bem durante a semana e Valentim dizia ao elenco que desejava apenas a repetição do que se fez no Centro de Treinamento de Vargem Pequena dentro do Maracanã.

Não aconteceu. O primeiro tempo do Vasco foi ruim. O Fluminense jogou melhor, apesar de depender exclusivamente das jogadas do lado esquerdo, com Ayrton Lucas e Matheus Alessandro. Everaldo descansou no banco de reservas, poupado para a semifinal da Copa Sul-Americana contra o Atlético Paranaense, quarta-feira, na Arena da Baixada.

Sornoza fazia a bola chegar a Luciano, mas as chances foram poucas. Na melhor, Luciano cobrou falta no travessão. Martin Silva chegou a tocar na bola antes do choque com a trave.

Atenção para a aposta de Alberto Valentim em Marrony. Num time em paz, livre do rebaixamento, Marrony poderá ser no futuro o que Everaldo é para o Fluminense em 2018.

O Vasco sobe momentaneamente para a 12a colocação, com 38 pontos. O Fluminense estaciona nos 40 e ainda precisa de mais seis para ter certeza de que não será rebaixado.

Leia mais sobre: Thiago Galhardo, Fabrício

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »