Benítez se aproxima de saída após Vasco fazer esforço imenso para mantê-lo

Depois de dois meses do esforço do Vasco da Gama para manter Martín Benítez, o meia se aproxima de saída do Clube.

Martín Benítez
Martín Benítez (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Véspera do Natal de 2020: Martin Benítez sai do CT do Almirante com olhos marejados. Minutos antes ele chorou, se despediu dos companheiros com discurso no gramado e deixou claro que queria ficar. Duas semanas depois, sua vontade foi decisiva para a renovação do empréstimo com Indepediente, em um acordo em que o Vasco fez um esforço imenso e gastou acima de seus padrões (R$ 1,3 milhão por seis meses) para manter seu camisa 10. Parecia um final feliz para uma novela arrastada.

Não foi bem assim. Hoje, pouco mais de dois meses depois, a relação mudou e caminha para o fim em comum acordo. Sem polêmica ou briga, Vasco e Benítez entendem que o melhor é seguirem seus caminhos separados. O argentino manifestou o desejo de jogar no São Paulo, e o clube carioca, apesar de endurecer a negociação com a equipe paulista, não vai se esforçar para segurar seu camisa 10 e vê a saída com bons olhos. O que mudou em tão pouco tempo?

Obviamente o rebaixamento foi um divisor de águas. Vasco e Benítez se apaixonaram em 2020, deram um tempo por circunstâncias que fugiam do controle das duas partes e reatam no início do ano. Assim como acontece em muitas relações, no entanto, a nova tentativa não deu certo. O argentino não foi o jogador decisivo que o clube contava para mantê-lo na Série A.

Questão física gera desgaste

A questão física também foi determinante para o desgaste. A dificuldade em ter uma sequência de jogos sempre existiu, mas é inegável que Benítez foi protagonista dos raros bons momentos do Vasco na temporada passada.

Após o retorno em janeiro, no entanto, a situação piorou. O jogador ficou mais de um mês sem jogar, pouco treinou enquanto estava na Argentina e se reapresentou muito abaixo do restante do elenco. Teve lampejos como nos jogos contra Atlético-MG e Palmeiras, mas não correspondeu ou ficou fora em momentos decisivos. Internamente, avalia-se que Benítez poderia ter se esforçado mais e se cuidado melhor para estar mais inteiro no momento em que o Vasco mais precisou.

Diante dos fatos, apesar do contrato até o fim do junho, manter a relação, com data para acabar, perdeu sentido para Vasco e Benítez. O clube não cogita gastar cerca de R$ 20 milhões para comprar o jogador, que custa mais de R$ 200 mil mensais aos cofres e ficará somente até o início da Série B.

Para Benítez, apesar do carinho pelo Vasco, é melhor ir para um novo clube, jogar Libertadores e Série A, com um contrato mais longo. Além disso, no Morumbi, o meia terá, caso a negociação se concretize, o apoio do técnico Hernán Crespo. Foi o treinador argentino que indicou seu compatriota ao clube.

Diferentemente do que ocorreria no Vasco. Além da questão financeira, em avaliação com a comissão técnica, o Vasco não vê Benítez com perfil para jogar a Série B, onde os jogos são mais pegados e com uma exigência física muito maior.

Em avaliação com o departamento de futebol, o técnico Marcelo Cabo enfatizou a necessidade de buscar jogadores com força física e alta intensidade para a Série B. O clube entende que realizará viagens longas, com pouco tempo de recuperação, com calendário apertado e jogará em gramados ruins, fatores que provavelmente aumentariam os problemas físicos de Benítez.

Fonte: Globo Esporte

Leia mais sobreMartín Benítez

1 comentário

  • Ferreira - 11 de março de 2021

    Esforço imenso para manter Benítez? Tenho minhas dúvidas. Mas a dúvida maior é: Quem vai ocupar o lugar dele? O Vasco tem hoje um meia-armador criativo, que pensa o jogo? Capaz de municiar nosso ataque (Cano)? Seria o Marquinhos Gabriel esse jogador?

    Responder

Deixe sua opinião

Últimas notícias

6 de maio de 2021

Vasco divulga balanço dos primeiros 100 dias da gestão de Jorge Salgado

Nesta quinta-feira o Vasco da Gama divulgou o balanço dos primeiros 100 dias da gestão do presidente Jorge Salgado.

Vasco perdeu percentual do direito econômico das pratas da casa

Balanço divulgado pelo Vasco da Gama mostra queda no percentual do direito econômico de jovens revelados no Clube.

Caso se classifique para a final da Taça Rio, Vasco terá calendário apertado em maio

Com início da Série B marcado para o final de maio, o Vasco da Gama pode ter calendário apertado caso se classifique para final da Taça Rio.

Em menos de 2 meses no Vasco, Zeca quase iguala número de jogos pelo Bahia

Em menos de dois meses no Vasco da Gama, Zeca está prestes a igualar o número de jogos que teve no Bahia durante passagem pelo clube em 2020.

Vasco permanece na 7ª colocação no ranking digital dos clubes brasileiros

O Vasco da Gama segue na sétima colocação no ranking digital dos clubes do Brasil, com crescimento considerável no TikTok.

Em fim de empréstimo, Bruno César segue com futuro indefinido no Vasco

Emprestado ao Penafiel, o meio-campista Bruno César, que tem contrato com o Vasco da Gama até maio de 2022, segue com futuro indefinido.

Sub-20: Vasco está próximo de acerto com o atacante Emerson Urso, do São Caetano

Time do Sub-20 do Vasco da Gama deve fechar com o atacante Emerson Urso, que vem se destacando no Campeonato Paulista pelo São Caetano.

Morato promete Vasco com jogo ‘bonito e competitivo’ na Série B e comenta adaptação

Recém contratado pelo Vasco da Gama, Morato falou sobre como o Cruzmaltino deve se portar na Série B e enalteceu o clima em São Januário.

5 de maio de 2021

Ernando projeta Série B, elogia Cabo, diz estar adaptado ao Vasco e exalta torcida

Adaptado ao Vasco da Gama, zagueiro Ernando comentou expectativa pela Série B, elogiou o trabalho de Marcelo Cabo e exaltou a torcida.

Salgado promete balanço dos primeiros 100 dias de gestão para esta quinta-feira

Presidente do Vasco da Gama, Jorge Salgado anunciou a divulgação dos 100 primeiros dias à frente do Clube.

Veja mais notícias