Benítez é chamado de Beiçola mas tem sido o Lineu nesta evolução do Vasco

Martín Benítez foi comparado com Beiçola pelo corte de cabelo, mas vive momento diferente do personagem, no Vasco da Gama.

Benítez comemorando gol contra o Palmeiras
Benítez comemorando gol contra o Palmeiras (Foto: Photo Premium/Agência O Globo)

Leandro Castan, espirituoso, cravou os olhos no corte de cabelo e comparou Martín Benítez com Beiçola, personagem interpretado por Marcos Oliveira no seriado “A Grande Família”. Mas o argentino está mais para Lineu, não pela aparência, e sim pelo papel que exerce em campo. Ele tem sido o chefe da casa, quem chama a responsabilidade para resolver os problemas, o trabalhador resiliente que leva sustento no fim do dia.

Nesta terça-feira, foi o camisa 10 quem evitou que o Vasco fosse derrotado pelo Palmeiras no Allianz Parque — as equipes empataram em 1 a 1, com Breno Lopes abrindo o placar para os paulistas. A batida do vascaíno na bola na cobrança de falta foi precisa, com a ternura de um beijo na eterna namorada Dona Nenê. O chute saiu sem chances para Jailson. O ponto conquistado deixou a equipe com quatro de vantagem sobre oo Bahia, primeiro time na zona de rebaixamento.

— Sempre tento praticar nos treinos e graças a Deus consegui bater bem na bola — resumiu o argentino de 26 anos, agora com três gols pelo Vasco, e que antes já havia cobrado uma falta na cabeça de Léo Matos, que fez o gol, anulado por estar em impedimento.

Benítez e sua família finalmente se igualaram em número de jogos com o restante das equipes no Brasileiro. A seis partidas do fim da competição, o Vasco enfrentará o tricolor baiano no domingo, em São Januário, em um confronto direto pela permanência na Série A. Hoje ela parece mais próxima dos cariocas do que antes.

E isso se deve a Martín Benítez, que convenceu Vanderlei Luxemburgo de que tinha condições físicas de enfrentar o Palmeiras — o treinador cogitou poupar o meia para tê-lo descansado no fim de semana. Na família vascaína, o argentino tem carta branca para transitar por todos os cômodos da casa, por todas as partes do campo. No terceiro gol sobre o Atlético-MG, na rodada passada, saiu da linha defensiva, avançou em diagonal rumo ao ataque trocando passes com os companheiros até descolar o lançamento para Cano.

Saiu cansado

Nesta terça, ele apareceu na esquerda, na direita, na criação mais recuado e até mais adiantado, ocupando o vácuo aberto por Cano quando o artilheiro deixou a ponta de lança. O segredo de Martín Benítez é tentar perceber os espaços disponíveis no jogo e preenchê-los, sem fazer o jogo posicional rígido que engessa tantas equipes pelo mundo.

O camisa 10 tentou muito tabelar com Talles Magno, mas o atacante oscila feito Tuco, o jovem que dorme no ponto, que erra passes bobos. Talles ouviu, não de Benítez, mas de Vanderlei Luxemburgo, tantos berros à beira do campo que acabou sendo substituído no segundo tempo, dando lugar para Gabriel Pec.

Mas ser o Lineu do Vasco cobra um preço. Benítez se sobrecarrega enquanto Cano aguarda na área à espera de uma chance de se dar bem. Só vai na boa e contra o Palmeiras essa oportunidade não apareceu. Muito porque o esquema vascaíno depende da subida ao ataque de Léo Matos. O lateral-direito, quando conseguiu se desvencilhar das maiores obrigações defensivas, levou algum perigo na frente. Mas isso foi muito mais raro do que o Vasco gostaria.

E quando Matos não chega junto, é apenas Benítez para criar e isso cansa. No Allianz Parque, aos 25 minutos do segundo tempo, visivelmente desgastado, ele foi substituído por Luxemburgo.

Quem manteve a equipe carioca aguda, com uma característica diferente, de mais velocidade, foi Gabriel Pec, que tem mostrado evolução nesta reta final de temporada. Pela esquerda, deu trabalho para os marcadores e por pouco não fez o gol da virada do Vasco.

Fonte: O Globo Online

Leia mais sobreMartín Benítez
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
22 de junho de 2021
Filha de Barbosa comenta exposição do ídolo vascaíno no Museu do Futebol

Filha de um dos maiores ídolos da história do Vasco da Gama fala da exposição em homenagem ao ex-goleiro do Cruzmaltino.

Vasco apresenta time Adulto e Sub-20 de futsal para temporada 2021

O Vasco da Gama anunciou as equipes de futsal nas categorias Adulto e Sub-20 para a disputa da temporada 2021.

Retorno de MT teve trabalho psicológico do Vasco para conter ‘ímpeto’ do jogador

Jovem atleta do Vasco da Gama, o meia MT precisou de acompanhamento psicológico no processo de retorno aos gramados.

Cabo ganha ‘sobrevida’ no Vasco após vitória sobre o CRB e dedica resultado a Pássaro

Técnico do Vasco da Gama, Marcelo Cabo estava pressionado no cargo devido aos maus resultados recentes, mas triunfo sobre o CRB aliviou.

21 de junho de 2021
Sócio do Vasco aciona STJ com pedido para que Leven Siano vire presidente do Clube

Ministro que recebeu o caso foi o mesmo que, em 2020, colocou sob júdice tanto o pleito do Vasco da Gama de 07 de novembro quanto do dia 14.

Vasco treina no CT do Almirante visando duelo contra o Cruzeiro; veja vídeo

Elenco do Vasco da Gama iniciou nesta segunda (21) a preparação para o jogo contra o Cruzeiro, quinta (24), às 21h30min, pela Série B.

Vasco começa arrecadação da campanha Mães da Favela Futebol Clube

O Vasco da Gama anunciou que o posto de coleta de alimentos começou a funcionar em São Januário nesta segunda-feira.

Vasco inicia venda de ingressos virtuais para jogo contra o Cruzeiro

Bilhete virtual para Cruzeiro x Vasco da Gama, pela 6ª rodada da Série B, custa R$ 10; partida acontece na quinta (24), às 21h30min.

Fluminense disputará duas partidas em São Januário; Vasco x Brusque muda de horário

O Fluminense mandará dois jogos em São Januário, o primeiro que vai motivar uma pequena alteração no horário de Vasco da Gama e Brusque.

Vasco entrega 4 mil livros doados pela torcida para bibliotecas comunitárias

O Vasco da Gama realizou entrega dos de livros para quatro instituições entre a Barreira do Vasco e a Cidade de Deus.

Veja mais notícias