Associação em massa atraiu 4 empresas e rendeu doações ao CT do Vasco

A associação em massa da torcida ao programa de sócios do Vasco atraiu empresas e já rendeu doações para o CT do Clube.

O fenômeno de associação em massa não fez apenas o Vasco se tornar o que mais tem sócios-torcedores nas Américas. O "boom" de associados também fez com que o mercado publicitário olhasse para o Cruzmaltino com outros olhos. Até o momento, quatro empresas surfaram a onda vascaína e fizeram ações onde o maior beneficiado foi o próprio clube, seja em termos financeiros ou materiais.

A "Meu Bilhete", que comercializa ingressos, e a "Feng", que é parceira do Vasco no programa de sócio-torcedor, já doaram juntas R$ 120 mil para as obras do centro de treinamento do clube, em Jacarepaguá (zona oeste do Rio de Janeiro), após lançarem desafios de alcance de metas.

Já a "Feliz Tintas" prometeu doar toda a tinta necessária para a construção do CT se atingissem 150 mil sócios, algo que foi alcançado na última quarta-feira (4). A empresa informou por meio do Twitter que terá uma reunião com o Vasco hoje (6) para conhecer a necessidade e o cronograma do clube.

Ontem (5), o UOL Esporte revelou que a cervejaria Brahma está elaborando uma interessante ação: caso se atinja uma meta ainda a ser estipulada (tendência é a de que seja 170 mil), geladeiras lotadas de cervejas serão destrancadas em pelo menos cinco bares selecionados no Rio de Janeiro e os clientes poderão bebê-las de graça.

A repercussão da associação em massa na mídia nacional, internacional e especializada também foi muito comemorada pela diretoria, que tem a expectativa de que investimentos e parcerias mais vantajosas apareceram para o clube em 2020.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »