Árbitro relata expulsão de Valentim e xingamentos de Maxi e Campello

Wilton Pereira Sampaio explicou expulsão de Valentim e relatou xingamentos de Maxi López e Campello na súmula do jogo.

O árbitro Wilton Pereira Sampaio relatou, na súmula da derrota do Vasco por 1 a 0 para o Corinthians, neste sábado, xingamentos do presidente Alexandre Campello ao fim do jogo, além de reclamações no intervalo. O juiz ainda justificou a expulsão de Alberto Valentim, técnico do Cruz-Maltino.

Segundo Wilton Pereira Sampaio, Campello estava no túnel que liga os vestiários da Arena Corinthians ao campo aguardando o sexteto de arbitragem ao fim da partida ao lado do atacante Maxi López, não relacionado por estar se recuperando de uma lesão no pé direito.

"Se encontravam aguardando a passagem da equipe de arbitragem o Sr. Alexandre Campello, presidente da equipe do C.R. Vasco da Gama, já citado anteriormente, juntamente com o atleta Maximiliano Gastón López (não relacionado para a partida) e outros dirigentes da equipe que não foi possível identificá-los e me ofenderam com os seguintes dizeres: "Ladrão safado, filho da p...".

A principal reclamação dos vascaínos é sobre um pênalti não marcado no garoto Marrony, no segundo tempo. O diretor executivo de futebol, Alexandre Faria, inclusive, concedeu entrevista coletiva para falar do assunto.

Wilton Pereira Sampaio também explicou, na súmula, porque expulsou o técnico Alberto Valentim ao fim do primeiro tempo.

"Por ter sido informado pelo 4º árbitro, Sr. Edson Antonio, via rádio, que após a marcação de um tiro de canto a favor da equipe adversária (último lance do 1º tempo) o mesmo arremessou, em forma de protesto pelo não encerramento do 1º tempo, um copo com água no chão, gesticulando ostensivamente e proferindo as seguintes palavras: "Ele está louco"", escreveu Wilton Pereira Sampaio.

Confusão na arquibancada

Wilton Pereira Sampaio também relatou que torcedores do Vasco jogaram cadeiras para o gramado após o apito final.

"Informo ainda que depois do término da partida no espaço destinado à torcida visitante (C. R. Vasco da Gama) observamos que alguns torcedores retiraram os assentos e os arremessaram em direção à torcida adversária e do policiamento que se encontrava fazendo o isolamento entre ambas. O referido tumulto foi rapidamente contido pelo policiamento", escreveu.

Leia mais sobre: Vasco x Corinthians, Futebol

Comentários

Últimas notícias

Reforços do Vasco para 2019

Veja mais notícias »