Apresentador critica final da Taça Guanabara entre Vasco e Fluminense

O apresentador Tiago Maranhão diz que confusão na final da Taça Guanabara entre Vasco e Fluminense foi uma vergonha.

Domingo foi dia de clássico e título do primeiro turno no Campeonato Carioca, mas a conquista do Vasco sobre o Fluminense no Maracanã ficou em segundo plano. O "Troca de Passes" deste domingo abriu com um debate crítico a respeito de todo o impasse com relação ao Setor Sul e as confusões que ocorreram do lado de fora do estádio. Depois da proibição, a Justiça determinou a abertura dos portões com mais de 30 minutos de jogo. O apresentador Tiago Maranhão tratou todo o ocorrido como uma vergonha para o futebol brasileiro:

- Conquista vai ficar em segundo plano depois da lambança que aconteceu hoje. Número que o GloboEsporte.com divulgou: foram 29 atendimentos no posto de saúde do Maracanã; duas pessoas foram para o Hospital Souza Aguiar, uma com ombro deslocado e outra com suspeita de fratura na perna. E o que é mais grave, essa pessoa é amputada, só tem uma pera e está com suspeita de fratura na outra por causa de uma bala de borracha. Aliás, balas de borracha com data de vencimento de outubro de 2015. Tudo que envolveu essa final da Taça Guanabara é uma vergonha, desrespeitoso ao torcedor, ao estado, aos dois clubes, a tudo que envolve o futebol.

O ex-atacante Paulo Nunes, que no futebol carioca jogou pelo Flamengo no início dos anos 90, fez coro ao apresentador. Convidado do programa, ele enxergou a questão como algo cultural do Rio de Janeiro.

- É um absurdo. Futebol carioca estava chegando em um ponto em que a gente falou assim: "Não pode passar daqui". E hoje eles conseguiram. Hoje o futebol carioca conseguiu ser pior do que normalmente é. É a figura do Rio de Janeiro, é cultural. Inacreditável.

Leia mais sobre: Vasco x Fluminense, Campeonato Carioca

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »