Antônio Lopes elogia Ramon Menezes e afirma: 'Efetivação foi certa'

O coordenador-técnico do Vasco da Gama, Antônio Lopes, afirmou que o Clube fez certo ao efetivar Ramon Menezes.

Primeiramente, preparador físico. Depois, seis vezes técnico. Agora, Antônio Lopes volta ao Vasco como coordenador-técnico da comissão que terá Ramon Menezes como treinador principal. Aos 78 anos, um dos personagens mais importantes da história do Cruz-Maltino reaparece com a Cruz de Malta observando um cenário similar ao que administrou no Botafogo.

Em 2016, Lopes era coordenador do clube de General Severiano quando, no início do segundo turno do Campeonato Brasileiro, Ricardo Gomes tomou o rumo do São Paulo. A opção da época foi por alçar a treinador quem já tinha dez anos de casa. A fuga do rebaixamento e a classificação para a Copa Libertadores mostram que a escolha por Jair Ventura deu certo.

- Vejo semelhança, sim. Falei com eles, inclusive: com o presidente Alexandre Campello e com o José Luís (Moreira, vice-presidente de futebol), falei essa situação. Lá, aproveitamos que o Jair estava há muito tempo no clube, tinha trabalhado muito na base e conhecia o elenco. Apostamos nele e deu certo. Ele botou o Botafogo na Libertadores. Foi um período bom - lembra Antônio Lopes ao LANCE!.

Ramon está na comissão técnica vascaína desde 2018, mas tem longa trajetória como jogador vascaíno. Ídolo e integrante de um ciclo em que o Cruz-Maltino venceu praticamente tudo que disputou em cinco anos, deixou as assistências e gols marcados na história. Agora, terá a chance de apresentar à elite nacional as virtudes como treinador, que já empolgam Lopes.

- Cada treinador tem uma estratégia. Vamos aguardar. Ele fez bons trabalhos no Joinville, no Guarani (MG). Acho que ele vai fazer um bom trabalho no Vasco. Ele conhece o elenco todo, a base... ele trabalha bem no aspecto tático e técnico, tem variedade de sistemas de jogo para implementar, não é treinador de uma nota só. Tem variações e eu sei disso - garante o coordenador.

Antônio Lopes e Ramon Menezes

Antônio Lopes entende que o perfil escolhido para a sucessão de Abel Braga no comando técnico da equipe foi o melhor. Contudo, diante da paralisação no calendário e das incertezas causadas pela pandemia de COVID-19, o gestor prega calma em relação rumos do futebol do clube.

- Vamos esperar. Não adianta fazer prognóstico sem data. Mas já sabemos, pelo Ramon e porque eu vi jogos, que temos um plantel de boa qualidade. A indicação do Ramon pelo próprio José Luís e pelo presidente foi boa. Acho que foi uma boa indicação. Foi meu jogador, é bastante equilibrado, já tem experiência de clubes. Acho que era o melhor do momento. Acho que a efetivação foi certa, ele conhece bem o plantel todo, a base toda - valoriza.

Leia mais sobre: Ramon Menezes, Antônio Lopes

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »