Análise mostra que há razões para acreditar em melhora do Vasco

Análise mostra o momento do Vasco da Gama e mostra que a equipe pode melhorar nos próximos jogos da temporada.

Depois da longa parada para Copa do Mundo, o torcedor vascaíno talvez tenha se frustrado com as primeiras impressões no segundo semestre. Não que os resultados tenham sido ruins (vitória sobre o Bahia e empate contra o Fluminense), e mais pela eliminação na Copa do Brasil e pelo baixo rendimento no clássico, deixando a vitória escapar no fim. Motivo para ligar o sinal de alerta neste Brasileirão? Ainda não. O LANCE! analisa o momento e mostra que há razões para acreditar em uma melhora nos próximos jogos.

​- Disse aos jogadores para que eles tomem muito cuidado com o que falam sobre eles mesmos e sobre o time. Falavam que o Vasco era fraco, não tinha valor, e não é verdade. Esse time tem valor, tem capacidade sim - afirma Jorginho, motivador do elenco.

A frase do técnico pode parecer clichê, mas há uma perspectiva de crescimento. Isso porque alguns reforços ainda não estrearam e outros atletas pouco utilizados com Jorginho devem ganhar chances em breve. Ele acredita que os adversários também oscilarão até se reencontrarem no Brasileirão.

- Fizemos contratações mas não pudemos usar todas. Lenon se machucou. Henríquez talvez jogue próximo jogo. Evander tem qualidade. Mudamos bastante e o campeonato também pode mudar. Mais uma vez colocaria o Lucas Santos, mas não deu. Então pode ser que outras equipes tenham um ou outro jogador, mas dizer que estão muito à frente do Vasco, não concordo.

Confira abaixo algumas possibilidades de Jorginho na equipe:

Maxi López

O reforço mais esperado ainda vai levar um tempo para estrear. Certamente, só em agosto. Mas, pelo que Jorginho acredita, vale a pena. Ele chega para ser o centroavante de referência e, assim, Andrés Rios voltaria a sua posição de origem - como segundo atacante.

Lenon

​Volante de origem, Lenon chegou ao Vasco como lateral-direito e ganhou a titularidade na intertemporada. Faria sua estreia contra o Bahia, mas sentiu dores musculares no último treino e deve ter condições ainda neste mês. Tem mais poder de marcação que Rafael Galhardo e mais qualidade ofensiva que Luiz Gustavo.

Henríquez

​O zagueiro recém-contratado já terá condições de jogo na próxima semana. Pode até ser relacionado contra o Grêmio, domingo. Uma alternativa para atuar ao lado de Breno, já que Ricardo Graça é novo e pode pesar a inexperiência. Brigará pela condição de titular.

Thiago Galhardo e Evander

​Ambos começaram no banco nestes dois jogos e cada um entrou em uma partida. No entanto, não se destacaram. Com a suspensão de Wagner no domingo, um dos dois ganhará chance - e o outro certamente será primeira opção no banco. O técnico deixa claro que conta com a dupla.

Lucas Santos

​O garoto, que terminou como artilheiro do Carioca sub-20, subiu ao profissional pedindo passagem. Mas ainda não teve oportunidades. Jogou poucos minutos com Zé Ricardo e nada com Jorginho. Mesmo assim, o atual treinador repetiu algumas vezes que pretende usá-lo como atacante de velocidade pelos lados. É um dos mais promissores da base vascaína.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »