Alexandre Faria diz que uns 30 técnicos foram oferecidos ao Vasco

Alexandre Faria afirmou que foram oferecidos "uns 30" treinadores, mas que o Vasco ainda não tem negociação em andamento.

Após se reunir com jogadores e comissão técnica, o diretor-executivo do Vasco, Alexandre Faria, concedeu entrevista coletiva nesta terça-feira no CT das Vargens (RJ) e falou sobre os próximos passos após a demissão do técnico Jorginho. Segundo o dirigente, "uns 30" treinadores foram oferecidos, mas o clube ainda não definiu o alvo após tomar ciência de que Abel Braga não está disponível.

"Uns 30. Mas isso é normal quando sai um treinador num clube grande como o Vasco. É normal do mercado. Todo mundo quer trabalhar no Vasco. Treinador, jogador, dirigente... qualquer um", declarou.

O caso de Roger Machado é parecido com o de Abel, já que, inicialmente, o treinador não gosta de pegar trabalhos no meio da temporada.

Dorival Júnior tem questões particulares para resolver e, a princípio, não quer trabalhar mais este ano.

Vanderlei Luxemburgo conta com forte lobby de empresários. Antes do Vasco fechar com Jorginho, por exemplo, o nome do experiente treinador foi oferecido por três empresários diferentes.

Leia mais sobre: Futebol

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »