Além Pikachu, Vasco adia reapresentação de Neto Borges

Além de Yago Pikachu, O Vasco também adiou a reapresentação de Neto Borges e ambos têm futuro indefinido no Clube.

França Fernandes
Por França Fernandes
-  5 de março de 2021 às 16:39-  Atualizada em 5 de março de 2021 às 17:40
Neto Borges durante o jogo contra o Defensa y Justicia
Neto Borges durante o jogo contra o Defensa y Justicia (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)
data-full-width-responsive="true"

Mesmo que de maneira discreta, o Vasco trabalha a reformulação do elenco principal para a temporada na Série B do Campeonato Brasileiro de maneira intensa. Os últimos dias, assim como serão as próximas semanas, estão sendo marcados por saídas e negociações para finais de ciclo de jogadores.

Alguns jogadores estão sendo comunicados sobre a extensão do período de descanso. Em vez de se reapresentarem nesta segunda-feira, atletas como Yago Pikachu e Neto Borges terão um período a mais sem compromissos com o Cruz-Maltino. O indicativo é nítido de que há uma tentativa de negociá-los.

O lateral-direito/ponta tem contrato com o clube de São Januário até dezembro. O adiamento da reapresentação dele foi informado primeiramente pelo jornalista Fábio Azevedo e confirmado pelo LANCE!.

Já Neto Borges está emprestado pelo Genk, da Bélgica, até o final de julho. O aviso para que ele não se reapresente nesta segunda foi divulgado pelo site “Ge”, e também confirmado pela reportagem do L!.

Já haviam dito adeus o zagueiro Marcelo Alves e o atacante Ygor Catatau, ambos até então emprestados pelo Madureira. Mais recentemente, a “TyC Sports” noticiou e o L! confirmou que o volante Leonardo Gil está a caminho do Colo-Colo (CHI).

O argentino com nacionalidade chilena deverá defender o Cacique dando fim ao vínculo com o Cruz-Maltino, que vai até o meio deste ano. Outro estrangeiro que está de partida é Gustavo Torres. Em comum, além de serem estrangeiros, o fato de ambos não terem agradado.

O atacante, que já não participou da reta final da última temporada vascaína deve rescindir amigavelmente o contrato de empréstimo, que vai até dezembro. Tal informação foi publicada pelo site Esporte News Mundo.

O departamento de futebol do Vasco tenta se equilibrar entre a montagem de um time forte para a Série B e a necessidade de enxugar a folha salarial. Isso por conta do aumento da dívida e da queda de receita do clube. A comissão técnica já foi reduzida e oficializada nesta sexta-feira.

De volta ao elenco, há jogadores com vínculo até o meio do ano, como Benítez (emprestado) e Henrique; existem outros, de diferentes idades, cujos contratos se encerram em menos de um ano; e tem ainda casos como os de Fernando Miguel, Leandro Castan e Werley.

Os três possuem vínculos com o Vasco até o final do ano que vem e ganham, junto, cerca de R$ 700 mil. Todos com mais de 30 anos, têm mercados específicos para a posição e para o número de jogos na última temporada. Castan é o capitão, mas Werley, por exemplo, é reserva: disputou 19 partidas.

Fonte: Lancenet