Advogada explica ação de torcedor para anular jogo contra o Internacional

A advogada do caso deixou claro que o Vasco da Gama não tem participação, sendo a iniciativa de um vascaíno para reverter o rebaixamento.

Partida entre Vasco e Internacional segue gerando polêmica
Partida entre Vasco e Internacional segue gerando polêmica (Foto: Reprodução)

Na última quinta-feira (15), o vascaíno Luciano Reis da Silva propôs uma Ação Popular contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF), pedindo a anulação da partida entre Vasco da Gama e Internacional, pela antepenúltima rodada do Campeonato Brasileiro 2020.

O confronto é centro de uma discursão por conta de uma falha no equipamento no VAR, que não conseguiu analisar se houve ou não impedimento do volante Rodrigo Dourado no primeiro gol do Internacional. O Vasco tentou anular o jogo, o que evitaria o seu rebaixamento, mas não teve sucesso.

Por isso, o vascaíno, também sentindo que o Vasco foi prejudicado na ocasião, entrou por conta própria na Justiça. O caso foi distribuído para a 38ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro (TJRJ), e está nas mãos da juíza Flávia Justus, que ainda não tomou nenhum decisão.

Luciano está sendo representado pela advogada Ana Carolina Gandra, do escritório Ferracciu & Gandra Advogados. Em contato com o site Globo Esporte, ela explicou como surgiu o interesse do vascaíno em ir à frente com o caso, e explicou o que busca com isso.

– É cliente e amigo do escritório, que ficou bastante indignado com a questão do VAR. Analisando a situação do jogo que mostra o lance do primeiro gol do Internacional, aguardamos a decisão da Justiça Desportiva. O Vasco não pode recorrer à Justiça Comum, agora, uma ação popular qualquer um pode. O torcedor tem legitimidade, sim, para fazer essa alegação. A gente sabe que é difícil, mas sabemos das irregularidades cometidas no jogo e, por conta disso, vamos tentar. Sem a tentativa seria impossível.

Disse a advogada, que deixou claro que o Vasco não está participando da ação:

– Nunca falamos com o Vasco, de forma alguma. É uma ação autônoma do torcedor.

O intuito é que o Vasco também não seja declarado rebaixado à Série B do Campeonato Brasileiro, o que é considerado muito difícil se analisar o cenário. Sem sucesso em sua tentativa, o Vasco intensificou a preparação para jogar a segunda divisão, sabendo das limitações e dificuldades que terá pela frente.

1 comentário
  • Emerson Lopes Martins - 14 de maio de 2021

    Eu apóio, o Vasco já foi muito injustiçado e é um time que luta pelas coisas certas .

    Responder
Deixe sua opinião

Últimas notícias
19 de setembro de 2021
Falha de comunicação fez Fernando Diniz substituir Nenê por engano contra o Cruzeiro

Um equívoco fez com que o meia Nenê fosse substituído por engano no empate do Vasco da Gama diante do Cruzeiro.

Fernando Diniz comemora retorno da torcida a São Januário: ‘Ajudou demais’

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz comemorou o retorno do público ao Estádio de São Januário neste domingo.

Diniz mostra incômodo com mais um gol sofrido pelo Vasco nos acréscimos

Técnico do Vasco da Gama, Fernando Diniz não escondeu sua frustração com empate diante do Cruzeiro e detonou a arbitragem.

Fernando Diniz critica arbitragem e lamenta empate contra o Cruzeiro

Treinador do Vasco da Gama, Fernando Diniz, critica a arbitragem e lamenta mais um empate do time na competição.

1º vascaíno a entrar em São Januário neste domingo celebra retorno: ‘Não tem igual’

O primeiro torcedor do Vasco da Gama a entrar em São Januário neste domingo, comemorou o retorno do público aos estádios.

Risível! Vasco divulga balanço do chamado ‘Evento Teste em Vasco x Cruzeiro’

Diretoria do Vasco da Gama divulgou o ‘Balanço evento-teste Vasco x Cruzeiro’, numa atitude cômica de exaltação do erro.

Torcedores reclamam e Vasco justifica escolha de laboratório para exames de Covid

Torcedores do Vasco da Gama se queixaram do valor salgado cobrado no ingresso e no teste de Covid-19, exigido para o duelo com o Cruzeiro.

São Januário recebeu 309 torcedores contra o Cruzeiro; veja a renda

Com volta da torcida para o jogo do Vasco da Gama contra Cruzeiro, São Januário recebeu 309 torcedores e uma renda de R$ 34.625.

Diretoria do Vasco passa vergonha com ingressos a R$ 250; não vendeu a metade

A diretoria do Vasco da Gama passou vergonha ao disponibilizar mil ingressos para o jogo contra o Cruzeiro e não vender a metade.

Andrey recebe o terceiro cartão amarelo e desfalca o Vasco contra o Brusque

Andrey, volante do Vasco da Gama, levou o terceiro cartão amarelo e não enfrentará o Brusque na próxima sexta-feira.

Veja mais notícias