7ª participação e melhor campanha em 2011: o desempenho do Vasco na Sul-Americana

O Vasco da Gama enfrentará o Caracas na segunda fase da Sul-Americana, competição onde busca seu título inédito.

Dedé em ação pelo Vasco na Sul-Americana de 2011
Dedé em ação pelo Vasco na Sul-Americana de 2011 (Foto: AFP PHOTO/ANTONIO SCORZA)

O Vasco da Gama está em sua sétima participação em Sul-Americana, competição que começou a ser disputada no ano de 2002, para ocupar o espaço de competições como a Copa Conmebol e a Copa Mercosul.

Entre as duas citadas, o Vasco conseguiu conquistar a última, que veio na inesquecível ‘Virada do Século’ sobre o Palmeiras. Quanto a Sul-Americana, o Gigante não a conquistou e ainda tenta chegar pela primeira vez na decisão.

O máximo que o Cruzmaltino conseguiu foi uma semifinal, em 2011, sendo que, na grande maioria, não conseguiu bons resultados. Muitas vezes, inclusive, foi eliminado ainda na fase brasileira da competição.

Com a competição de volta após a longa pausa por causa da pandemia, e espera pela definição dos integrantes vindos da Libertadores, o site Vasco Notícias decidiu relembrar de forma detalhada como foram as campanhas anteriores do Gigante na Sul-Americana.

2003

O Vasco começou a sua história na Sul-Americana na segunda edição, em 2003. No entanto, o Gigante não passou da fase preliminar brasileira, após empate com o Grêmio e derrota para o São Paulo.

Vasco 1×1 Grêmio – São Januário

São Paulo 2×1 Vasco – Morumbi

2006

Voltando a disputar a competição três anos depois, em 2006, o Vasco voltou a decepcionar ficando novamente na fase preliminar brasileira. O Gigante não teve chances e foi derrotado nos jogos de ida e volta pelo Corinthians.

Vasco 0x1 Corinthians – São Januário

Corinthians 3×1 Vasco – Canindé

2007

Em sua terceira participação, já no ano seguinte, o Vasco conseguiu uma boa campanha. Na fase preliminar brasileira encarou o Athletico-PR e superou o adversário nos jogos de ida e volta. Nas oitavas de final, após ser derrotado pelo Lanús, da Argentina, na casa dos argentinos, o Gigante conseguiu se recuperar em São Januário e se classificou

Na sequência, teve pela frente o América, do México. Jogando fora de casa, o Vasco voltou a ser derrotado no jogo de ida, conseguiu vencer na volta, em São Januário, mas o placar não foi o suficiente e o Gigante foi eliminado nas quartas de final.

Athletico-PR 2×4 Vasco – Arena da Baixada

Vasco 2×0 Athletico-PR – São Januário

Lanús 2×0 Vasco – Néstor Díaz Pérez

Vasco 3×0 Lanús – São Januário

América 2×0 Vasco – Cidade do México

Vasco 1×0 América – São Januário

2008

Depois de uma campanha animadora no ano anterior, o Vasco voltou a decepcionar na Sul-Americana. Em 2008, a equipe vascaína até chegou a vencer o Palmeiras no jogo de ida, em São Januário, mas foi derrotado por um placar maior, no Palestra Itália, e foi eliminado ainda na fase preliminar brasileira.

Vasco 3×1 Palmeiras – São Januário

Palmeiras 3×0 Vasco – Palestra Itália

2011

Após disputar três edições seguidas, o Vasco teve um hiato de três anos para voltar a Sul-Americana, isso devido ao rebaixamento no Campeonato Brasileiro de 2008. Em 2011, o Gigante, inclusive, conseguiu a sua melhor campanha na história da competição.

O Vasco passou na fase preliminar pelo Palmeiras, adversário que o havia eliminado em 2008, com uma vitória em São Januário e derrota no Palestra Itália, mas avançou pelo critério de gol fora de casa. Na sequência, o adversário nas oitavas de final foi o Aurora, da Bolívia.

Depois de uma derrota no jogo de ida, na altitude de Cochabamba, o Vasco aplicou uma goleada histórica e avançou. Nas quartas de final, teve pela frente o Universitário, do Peru, perdendo no jogo de ida, na casa dos peruanos, mas conseguiu uma virada espetacular em São Januário, que rendeu a classificação.

O adversário na semifinal foi a Universidad de Chile, comandada por Jorge Sampaoli. No jogo de ida, em São Januário, o Vasco empatou em 1 a 1 com os chilenos, mas acabou derrotado por 2×0 na volta, na casa deles, e assim foi eliminado sem chegar à decisão.

Vasco 2×0 Palmeiras – São Januário

Palmeiras 3×1 Vasco – Pacaembu

Aurora 3×1 Vasco – Félix Capriles

Vasco 8×3 Aurora – São Januário

Universitário 2×0 Vasco – Monumental

Vasco 5×2 – São Januário

Vasco 1×1 Universidad de Chile – São Januário

Universidade de Chile 2×0 Vasco – Santa Laura

2018

Após sete anos, o Vasco voltou a disputar a Sul-Americana em 2018, entrando na segunda fase após ficar em terceiro em seu grupo na Libertadores. O Cruzmaltino, no entanto, decepcionou e não passou dela caindo diante da LDU, do Equador.

Depois de uma derrota na altitude de Quito, no jogo de ida, o Vasco até venceu na volta, em São Januário, mas o resultado não foi o suficiente para que avançasse na competição, encerrando assim a sua última participação antes da edição de 2020.

LDU 3×1 Vasco – Casa Blanca

Vasco 1×0 LDU – São Januário

Em 2020, o Vasco passou pelo Oriente Petrolero, da Bolívia, na primeira fase. O Gigante venceu os bolivianos em São Januário por 1×0 no jogo de ida, em São Januário, e segurou o empate em 0 a 0 na volta, no Ramón Tahuich, assim avançando na competição.

O adversário vascaíno na segunda fase foi decidido em sorteio na última sexta-feira (23). O Vasco vai encarar o Caracas, da Venezuela, que entrou na competição após ficar em terceiro em seu grupo na Libertadores. O jogo de ida será na noite desta quarta-feira (28), às 21h30min, em São Januário, e a volta na semana que vem, no mesmo horário, no Olimpico de La UCV.

Leia mais sobreSul-Americana
Nenhum comentário ainda.
Deixe sua opinião

Últimas notícias
3 de dezembro de 2021
Empresário de Cano elogia Salgado mas pondera sobre negociação: ‘Não será fácil’

Jose Costanzo, responsável por gerir a carreira de Germán Cano e negociar com o Vasco da Gama, afirmou que Salgado é alguém ”muito correto”.

Parazinha e Bento fala sobre o jogo contra o Fluminense pelo Carioca Feminino Sub-18

A lateral-esquerda e Parazinha e o técnico Leonardo Bento falaram sobre o clássico que o Vasco da Gama terá pela frente na competição.

Vasco inicia tratativas para manter Germán Cano; Daniel Amorim está em espera

O Vasco da Gama espera que o atacante Germán Cano aceite uma redução salarial, mas a dívida de R$ 3,5 milhões pode ser impasse.

Flamenguista, Marcelo Freixo conta quando foi zoado por aluno vascaíno de forma épica

O deputado federal, Marcelo Freixo, contou que foi zoado pelo aluno após o Vasco da Gama vencer o Carioca de 88 sobre o Flamengo.

61 beneméritos assinam carta-aberta com críticas a Salgado e contra a SAF

Os 60 beneméritos e grandes beneméritos fizeram fortes críticas ao presidente Jorge Salgado e a criação da SAF no Vasco da Gama.

Clubes de São Paulo e Minas Gerais teriam sondado Tiago Reis

De volta após empréstimo ao Confiança, o atacante do Vasco da Gama, Tiago Reis, está com o futuro indefinido em São Januário.

Confira os melhores momentos de Vasco 2 x 2 Fonseca pela Copa Liga Rio de Futsal

Assista aos melhores momentos da classificação do Vasco da Gama para a final da Copa Liga Rio de Janeiro de Futsal.

Vasco empata com o Volta Redonda no 1º jogo da final da Taça Rio Sub-15

Nesta sexta-feira o Vasco da Gama empatou com o Volta Redonda no 1º jogo da final da Taça Rio Sub-15, no Estádio Raulino de Oliveira.

Confira vídeo sobre a captação de atletas para o Remo do Vasco

Assista ao vídeo sobre a captação de atletas para o Remo do Vasco da Gama, que está com inscrições abertas para jovens de 12 a 17 anos.

Prass tem visitado clubes na Europa e está no Lyon a convite de Juninho

Cogitado para o departamento de futebol do Vasco da Gama, Fernando Prass está em processo de experiência em clubes europeus.

Veja mais notícias