3 treinadores que passaram pelo Vasco aparecem entre piores do Brasil

Celso Roth, Cristóvão Borges e Milton Mendes, ex-treinadores do Vasco da Gama, aparecem na lista de piores do Brasil em 2017.

Em eleição promovida pela UOl Esportes, onde envolveu jogadores das Séries A e B do Campeonato Brasileiro, foram escolhidos os piores treinadores do país em 2017. Entre os nomes, aparecem três ex-comandantes do Vasco da Gama, que são: Celso Roth, Cristóvão Borges e Milton Mendes.

Celso Roth acumula três passagens pelo Vasco, sendo a primeira em 2007, seguida de 2010 e 2015. Todas possuem em comum o fato de não terem deixado saudade na torcida cruzmaltina. Inclusive, na última, em 2015, foi um dos responsáveis pela queda da equipe para a Série B.

Cristóvão Borges teve uma boa passagem por São Januário entre 2011 e 2012, primeiro como auxiliar, depois como treinador. Mas no seu retorno, agora em 2017, não conseguiu repetir os números, e acabou demitido após a eliminação na Copa do Brasil.

Milton Mendes assumiu após a saída de Cristóvão Borges e teve um bom início. Com o decorrer da temporada, teve desgastes com o elenco e torcida, que acabaram interferindo em campo, nos resultados. Após somente quatro meses à frente do Vasco, o treinador acabou sendo demitido na derrota diante do Bahia, por 3 a 0.

Estes nomes tão conhecidos pela torcida vascaína entram na nada desejada lista de piores treinadores do Brasil, segundo os jogadores. Vamos mostrar um pouco do levantamento feito pelo UOL Esportes; segue a lista.

Piores treinadores do Brasil em 2017

1º Vanderlei Luxemburgo – 12,6%

2º Milton Mendes – 9,9%

3º Celso Roth – 4,5%

4º Cristóvão Borges – 3,6%

Leia mais sobre: Cristóvão Borges, Celso Roth, Milton Mendes

Comentários

Últimas notícias

Veja mais notícias »