Vasco x Volta Redonda

Tudo sobre o jogo entre Vasco da Gama e Volta Redonda em São Januário pela Taça Guanabara 2019.

O Vasco da Gama é o único dos quatro grandes do Rio de Janeiro que tem 100% de aproveitamento nas duas primeiras rodadas da Taça Guanabara, primeiro turno do Campeonato Carioca. Na noite desta quarta-feira, o Cruz-Maltino recebeu o Volta Redonda em São Januário e venceu por 5 a 2.

Marrony (2), Dudu, Danilo Barcelos e Lucas Mineiro marcaram para o Vasco, enquanto Luiz Paulo e João Carlos diminuíram para o Voltaço.

Com seis pontos em dois jogos, o Vasco lidera o grupo B da competição, e aguarda o complemento da rodada nesta quinta para confirmar a posição no topo da tabela. O Americano, que enfrenta o Fluminense, ameaça a liderança vascaína. O Volta Redonda estacionou com um ponto ganho, na quarta posição.

O Vasco tentará manter os 100% de aproveitamento no Carioca diante do Americano de Campos, no próximo domingo, novamente em São Januário. O Volta Redonda buscará a recuperação na competição no sábado, quando receberá o Madureira, no Raulino de Oliveira.

O Jogo

O Vasco voltou a mostrar o desentrosamento apresentado na estreia contra o Madureira, no último sábado. A equipe de Alberto Valentim tentou segurar a posse de bola e ter paciência para furar o bloqueio do Volta Redonda, mas do meio para frente as coisas não funcionaram nesta quarta-feira.

Até a parada técnica, na metade da primeira etapa, o Vasco tinha volume de jogo mas não tinha dado um chute a gol. Já o Volta Redonda, comandado pelo talentoso Douglas Lima, era perigoso nos contra-ataques.

Sem criatividade para superar a retranca do Voltaço, o Vasco só foi chutar em gol pela primeira vez aos 31 minutos. Sem levar qualquer perigo, Raul arriscou de longe e não assustou o goleiro Douglas Borges.

O Vasco desencantou aos 37, com Marrony, que curiosamente é nativo de Volta Redonda. Após um bate rebate na entrada da área, a bola bate no meia e sobra para ele mesmo na frente. Ele penetra na área e toca na saída do goleiro para fazer 1 a 0.

Três minutos depois, Raúl Cáceres fez grande jogada na ponta direita, se livrou do marcador, foi ao fundo e cruzou rasteiro para trás. Dudu acerta chute certeiro no canto esquerdo e amplia em São Januário.

O Volta Redonda, que também não havia dado trabalho ao goleiro vascaíno, reagiu no final da primeira etapa. O lateral Luiz Paulo cobrou com maestria, no ângulo, uma falta da intermediária diminuiu para a equipe do Sul-Fluminense, aos 46 minutos.

O Volta Redonda retornou para a segunda etapa com a mesma ousadia, e chegou ao empate logo no primeiro minuto de bola rolando. Douglas Lima fez linda jogada pela direita, tocou por entre as pernas de Danilo Barcelos e cruzou pelo alto. João Carlos cabeceia para a rede e deixa tudo igual no placar.

Com o empate, o Volta Redonda reassumiu a postura cautelosa e se fechou na defesa. O técnico Alberto Valentim resolveu mexer na equipe e colocou Thiago Galhardo, aos 9, e Yago Pikachu, aos 16. Saíram Dudu e Yan Sasse.

O Vasco tinha a mesma dificuldade de criar jogadas de ataque que apresentou no primeiro tempo, mas contou com uma bola parada e um lance de sorte para ficar à frente no placar novamente. Aos 22, Ribamar é derrubado próximo à área, e Danilo Barcelos cobra de canhota no ângulo direito de Douglas Borges, e coloca o Vasco em vantagem.

Dois minutos depois, jogada pela direita e a bola é cruzada para trás na área. Ribamer tenta o chute, a bola bate na zaga e sobra limpa para Marrony tocar para o fundo da rede.

O Volta Redonda assustou aos 31 em bela cobrança de falta do lateral Luiz Paulo, que Fernando Miguel teve de se esticar para defender.

Mas a noite era vascaína, e Lucas Mineiro, num belo chute da entrada da área, faz o quinto gol e dá números finais à partida.

BOAVISTA VENCE E LIDERA GRUPO C- O Boavista recebeu a Cabofriense no estádio Elcyr Resende, em Saquarema, e se deu bem. Com um gol de Dija Baiano, aos 37 do segundo tempo, a equipe de Bacaxá conquistou a segunda vitória na Taça Guanabara, e lidera o grupo C da competição. Com seis pontos, o Verdão da Região dos Lagos tem dois a mais que o Flamengo.

A Cabofriense, que havia surpreendido o Botafogo na estreia na competição, estacionou nos três pontos e é o terceiro colocado do grupo.

Na terceira rodada do Carioca, as duas equipes terão pela frente adversários que ainda não venceram na competição. O Boavista visita o Bangu em Moça Bonita, e a Cabofriense recebe o Resende.

FOTOS (Vasco 5 x 2 Volta Redonda)

Alberto Valentim (Vasco 5 x 2 Volta Redonda)

Marrony (Vasco 5 x 2 Volta Redonda)

Dudu (Vasco 5 x 2 Volta Redonda)

Danilo Barcelos (Vasco 5 x 2 Volta Redonda)

Lucas Mineiro (Vasco 5 x 2 Volta Redonda)

VÍDEO (Vasco 5 x 2 Volta Redonda)

FICHA TÉCNICA
VASCO 5 X 2 VOLTA REDONDA

Local: São Januário, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de janeiro de 2019, quarta-feira
Horário: 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Grazianni Maciel Rocha
Assistentes: Thiago Gomes Magalhães e Thiago Rosa de Oliveira
Renda: R$ 188.824,00
Público: 7.461 (7.666 presentes)
Cartões Amarelos: Leandro Castan (Vasco); Elivelton (Volta Redonda)
GOLS:
VASCO: Marrony, aos 37, e Dudu, aos 40min do 1º tempo; Danilo Barcelos, aos 23, Marrony, aos 25, Lucas Mineiro, aos 43 min do 2º tempo
VOLTA REDONDA: Luiz Paulo, aos 48 min do 1º tempo; João Carlos, a 1 min do 2º tempo

VASCO: Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Werley (Luiz Gustavo), Leandro Castán e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro, Yan Sasse (Yago Pikachu), Dudu (Thiago Galhardo) e Marrony; Ribamar
Técnico: Alberto Valentim

VOLTA REDONDA: Douglas Borges, Rossales, Daniel, Heitor e Luiz Paulo (Elivelton); Bruno Barra, Marcelo, Bileu (Jorge Luiz) e Douglas Lima (Fernandinho); Wandinho e João Carlos
Técnico: Toninho Andrade

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Mais notícias sobre o jogo