Vasco x Flamengo

Tudo sobre o jogo entre Vasco da Gama e Flamengo no Mané Garrincha pelo Campeonato Brasileiro 2018.

O clássico entre Vasco e Flamengo no Mané Garrincha em Brasília teve apenas um gol para cada lado, mas não faltaram emoções. Válido pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro, o jogo foi disputado intensamente, e os dois goleiros trabalharam muito. Além disso, o meia Diego foi expulso no início do segundo tempo e o Flamengo jogou com um a menos por mais de 30 minutos, e o volante vascaíno Bruno Silva ficou desacordado após o choque com um companheiro e teve de ser levado do estádio de ambulância.

Andrés Ríos abriu o placar para o Vasco no primeiro tempo, e o zagueiro Luiz Gustavo, contra, deu números finais ao confronto na segunda etapa.

O resultado não foi bom para nenhum dos dois. O Flamengo segue na quarta colocação na tabela com 45 pontos, mas fica com o Grêmio na sua cola com 44, e pode ver os líderes Inter, São Paulo e Palmeiras se distanciarem até o final da rodada. Já o Vasco entrou na zona do rebaixamento e ocupa a 17ª colocação, com 25 pontos.

As duas equipes terão a semana livre para treinos e voltam a campo só no próximo final de semana. O Flamengo terá uma parada dura pela frente no confronto direto dentro do G6 contra o atlético-MG, no domingo, no Maracanã. O Vasco só joga na segunda 24, quando receberá o Bahia em São Januário.

O jogo

O Vasco tomou as rédeas da partida assim que a bola rolou. De forma surpreendente, a equipe cruzmaltina jogava com grande intensidade, enquanto o Flamengo não se encontrava em campo, e com apenas dois minutos, obrigou Diego Alves a fazer a primeira defesa difícil. Raul foi à linha de fundo pela direita e tocou rasteiro para Andrés Rios na área. Sem marcação, o argentino dominou e chutou cruzado, obrigando Diego Alves a espalmar a bola.

O Flamengo seguiu dando espaços ao Vasco, que com grande espírito de luta, chegava com perigo. Aos 13, Willian Maranhão lançou Maxi Lopez por cobertura, na marca do pênalti. O atacante tocou na saída de Diego Alves e o goleiro defendeu com os pés. A bola ficou viva na pequena área e Ríos tentou tocar para o gol, mas foi atrapalhado por Réver e mandou para fora.

Aos 17, Paquetá bobeia no meio de campo, Ríos pega a bola e parte em contra-ataque. Ao se aproximar da área, abriu para Fabrício na esquerda, e o meia ajeitou e soltou a bomba. Diego Alves voou e espalmou para escanteio.

O Flamengo só começou a equilibrar o jogo a partir dos 20 minutos. No seu primeiro lance de perigo, Vitinho foi lançado na intermediária e percebeu Martín Silva adiantado, e tentou o chute por cobertura, mas a bola passou por cima do gol.

Mas quando o Rubro-Negro começava a se ajustar em campo, o Vasco abriu o placar, aos 27. Raul recebeu livre na ponta direita e cruzou na pequena área. Maxi Lopez entrou e tocou para o gol. Diego Alves fez defesa milagrosa, mas deu rebote na pequena área e Ríos só empurrou para marcar.

Em desvantagem , o Flamengo foi para cima e o Vasco se fechou para sair nos contra-ataques. Mas os comandados de Maurício Barbieri não conseguiam superar a bem plantada defesa vascaína. Aos 42, Diego tentou de fora da área, mas Martín Silva, que começava a trabalhar defendeu e mandou para escanteio.

As duas equipes voltaram sem alterações dos vestiários para a segunda etapa, e o Vasco começou assustando. Aos 2, Lenon cruzou da direita, perto da bandeirinha de córner e achou Maxi López na área, O atacante cabeceou, a bola bateu em Léo Duarte e foi no travessão e voltou para a área. Pará afastou mas o Vasco ficou com a bola. Novo cruzamento para área e Fabrício tenta o cabeceio, mas comete falta e a jogada é interrompida.

O Vasco, porém, começou a recuar demais e a dar campo para o Flamengo, que passou a encurralar o adversário em busca do emapate.

Aos dez, o Flamengo quase chegou ao empate, que só não aconteceu porque Martín Silva brilhou no gol vascaíno. No primeiro lance, Diego recebeu na direita e levantou do outro lado da área. Renê tentou dominar mas se atrapalhou. A bola sobrou para paquetá, que soltou a bomba de canhota, mas o goleirão do Vasco saiu bem e defendeu.

No lance seguinte, Vitinho recebeu próximo à meia lua e mandou por cobertura. Martín Silva se esticou todo e espalmou a bola.

Dois minutos depois, Vitinho tabelou com Diego na área e caiu pedindo pênalti. O árbitro não foi na dele e ainda aplicou um amarelo. Reclamações de ambos os lados e mais amarelos, inclusive para Diego, que na sequência reclamou e levou o vermelho.

Mesmo com um a menos, o Flamengo não diminuiu o ritmo, e acabou beneficiado por um gol contra, aos 16. Pará recebeu livre na direita e levantou na entrada da pequena área buscando Uribe. O zagueiro Luiz Gustavo tentou cortar de cabeça mas mandou contra o próprio gol.

O Vasco sentiu o gol e o Fla continuou em cima. Aos 19, Paquetá fez boa jogada no bico da área pela esquerda e cruzou forte por baixo. Everton Ribeiro tentou o carrinho no segundo pau mas não alcançou.

Aos 27, em jogada no grande círculo, Luiz Gustavo se chocou com Bruno Silva e o volante ficou desacordado no gramado. A partida ficou parada por mais de 10 minutos para o atendimento ao atleta vascaíno, que foi levado do estádio em uma ambulância.

O jogo recomeçou a todo vapor, com as duas equipes buscando o gol da vitória. Aos 38, Everton Ribeiro escapa em velocidade pela esquerda e ao entrar na área tentou tocar para Paquetá, que estava livre pelo meio, mas Mrtín Silva se antecipou e segurou a bola.

Aos 46 foi a vez do Vasco. Lançamento em profundidade para Maxi López, que se livrou de Réver e bateu de esquerda.

O jogo seguiu lá e cá até o final. Aos 56, Renê cruzou e Arão testou para fora com perigo. No lance seguinte, Willian Maranhão arriscou de fora da área e Diego Alves defendeu, mas abola subiu e quicou na rede pelo lado de fora.

FOTOS (Vasco 1 x 1 Flamengo)

Alberto Valentim  (Vasco 1 x 1 Flamengo)

Andrés Ríos  (Vasco 1 x 1 Flamengo)

Maxi López (Vasco 1 x 1 Flamengo)

Raul  (Vasco 1 x 1 Flamengo)

Trem Bala da Colina  (Vasco 1 x 1 Flamengo)

VÍDEO  (Vasco 1 x 1 Flamengo)

FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ 1 X 1 FLAMENGO-RJ

Local: Estádio Mané Garrincha, em Brasília (DF)
Data: 15 de setembro de 2018 (Sábado)
Horário: 19 horas (de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Marcelo Carvalho Van Gasse (Fifa-SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Renda: R$ 2.902.950,00
Público: 54.288 presentes
Cartões amarelos: Willian Maranhão, Fabrício, Maxi López (Vasco); Vitinho, Diego (Flamengo)
Cartão Vermelho: Diego (Flamengo)
Gols:
VASCO: Andrés Rios, aos 27min do 1º tempo
FLAMENGO: Luiz Gustavo (contra), aos 16min do 2º tempo

VASCO: Martín Silva, Lenon, Luiz Gustavo, Leandro Castán e Ramon; Bruno Silva, Raul (Andrey), Willian Maranhão e Fabrício (Giovanni Augusto); Andrés Rios (Marrony) e Maxi López
Técnico: Alberto Valentim

FLAMENGO: Diego Alves, Pará (Rodinei), Réver, Léo Duarte e Renê; Piris da Motta, Lucas Paquetá, Diego, Everton Ribeiro e Vitinho (Berrio); Fernando Uribe (Willian Arão)
Técnico: Maurício Barbieri

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Mais notícias sobre o jogo