Vasco x Avaí

Tudo sobre o jogo entre Vasco da Gama e Avaí na Ressacada pela Copa do Brasil 2019.

Com um gol marcado por Yago Pikachu no segundo tempo, o Vasco garantiu a classificação para a quarta fase da Copa do Brasil ao derrotar o Avaí por 1 a 0, em partida disputada na noite desta quarta-feira no estádio da Ressacada. Como havia vencido por 3 a 2 no jogo de ida, a equipe de São Januário poderia até empatar para ficar com a vaga, mas soube jogar com inteligência para suportar a pressão da equipe da casa e criar condições para decidir a partida a seu favor.

O Avaí defendia uma invencibilidade de 11 jogos em seu estádio e até começou bem a partida, pressionando e fazendo o goleiro Fernando Miguel trabalhar muito no primeiro tempo. O Vasco voltou diferente no segundo tempo e com as substituições feitas por Alberto Valentim conseguiu assumir o controle do jogo e garantir uma merecida vitória.

Empurrado por uma torcida vibrante e precisando da vitória para garantir a classificação, o Avaí partiu para cima do Vasco desde o início da partida. Mais concentrado no meio campo, o time carioca esperava a equipe da casa para tentar roubar a bola e sair em velocidade. Aos seis minutos, após cruzamento de Danilo Barcelos, a zaga cortou mal e a bola ficou com Yago Pikachu que concluiu para fácil defesa de Vladimir. O Avaí respondeu com a conclusão de Daniel Amorim, também sem levar perigo.

O primeiro grande momento aconteceu aos 12 minutos quando Lourenço cometeu toque ao lado da área. Danilo Barcelos bateu fechado e Vladimir espalmou para escanteio. O jogo era disputado de forma intensa pelas duas equipes com muitas faltas, obrigando o árbitro a intervir para controlar os ânimos. Aos 20 minutos, Pedro Castro chutou forte e Fernando Miguel defendeu com segurança.

O time dirigido por Geninho seguia mais agressivo e colocando a defesa do Vasco em dificuldades. Aos 22 minutos, Lucas Santos precisou usar um carrinho para desarmar Mosquera que entrava na área com a bola dominada. Um minuto depois, Pedro Castro chutou outra vez e Fernando Miguel fez a defesa.

O Vasco não conseguia sair da defesa e seus zagueiros tinham que trabalhar muito para evitar que a equipe catarinense chegasse ao gol. Aos 27 minutos, o Avaí ficou rondando a área cruz-maltina e após cruzamento de Iury, Fernando Miguel saiu do gol e ficou com a bola. Depois, o goleiro do Vasco foi advertido com o cartão amarelo por retardar o reinicio da partida.

O goleiro do Vasco voltou a aparecer bem aos 35 minutos em conclusão forte de Pedro Castro. O Vasco encontrava dificuldades para segurar a bola no ataque e só voltou a ameaçar aos 39 minutos, quando Cáceres investiu pela direita, entrou na área, mas cruzou forte demais e a bola saiu. Nos acréscimos, o Avaí criou mais uma oportunidade com um chute violento de João Paulo que obrigou Fernando Miguel a fazer grande defesa para impedir o primeiro gol.

Os dois times voltaram para o segundo tempo com a mesma disposição apresentada na etapa inicial . Logo no primeiro minuto, Yago Pikachu fez boa penetração pela direita, mas teve a conclusão bloqueada. Logo depois, Marrony investiu pelo meio e tentou a conclusão quando Tiago Reis entrava livre pela direita.

O Vasco se mostrava mais agressivo e o Avaí encontrava dificuldades para sair da defesa. Aos oito minutos, Marrony investiu pela esquerda e cruzou para a cabeçada de Tiago Reis, mas a bola saiu. A torcida do time de São Januário, presente em bom número, tentava empurrar a equipe, enquanto os catarinenses pareciam assustados com o ímpeto mostrado pelo Vasco no segundo tempo.

Aos 14, foi a vez de Raul arriscar e testar a boa forma do goleiro Vladimir. O Avai só voltou a dar o ar da sua graça aos 17 minutos. Após cobrança de escanteio, Marquinhos cabeceou no canto e Fernando Miguel espalmou para O escanteio. Maxi López entrou no ataque do Vasco e, na primeira intervenção, escorou um cruzamento para Danilo Barcelos mandar a bomba para ótima defesa de Vladimir.

O Vasco abriu o marcador aos 25 minutos. Yan Sasse recebeu de Pikachu, investiu pela direita, se livrou da marcação e cruzou rasteiro para a entrada do mesmo Pikachu que apenas tocou para as redes do Avaí. Sem muita alternativa, o técnico Geninho tentou tornar a equipe mais ofensiva para tentar virar o marcador e tentar levar a decisão para a disputa de pênaltis.

O Avai passou a levantar bolas na área cruz-maltina, enquanto o Vasco tentava recuperar a bola para sair em velocidade. Aos 43 minutos, Maxi López bateu rasteiro e quase ampliou a vantagem. Nos acréscimos, Fernando Miguel apareceu bem ao dividir uma bola, no alto com o zagueiro Marquinhos, e impedir a cabeçada do jogador catarinense, na última jogada importante da partida.

FOTOS (Avaí 0 x 1 Vasco)

Alberto Valentim (Avaí 0 x 1 Vasco)

Yago Pikachu (Avaí 0 x 1 Vasco)

Marrony (Avaí 0 x 1 Vasco)

Maxi López (Avaí 0 x 1 Vasco)

Jogadores do Vasco (Avaí 0 x 1 Vasco)

VÍDEO (Avaí 0 x 1 Vasco)

FICHA TÉCNICA
AVAÍ-SC 0 X 1 VASCO-RJ

Local: Estádio Ressacada, em Florianópolis (SC)
Data: 10 de abril de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 21h30(de Brasília)
Público: 15.225 pagantes
Árbitro: Jean Pierre Goncalves Lima (RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Elio Nepomuceno de Andrade Junior (RS)
Cartão Amarelo: Matheus Barbosa, Iury, Getúlioi(Avai); Lucas Santos, Tiago Reis, Fernando Miguel, Yago Pikachu (Vas)
Gols:
VASCO: Yago Pikachu, aos 25 minutos do segundo tempo

AVAÍ: Vladimir, Iury, Marquinhos Silva, Betão e Lourenço (Julinho); Mosquera (Brizuela), Getúlio, Matheus Barbosa (Luan Pereira) e Pedro Castro; João Paulo e Daniel Amorim
Técnico: Geninho

VASCO: Fernando Miguel, Raúl Cáceres, Werley, Ricardo e Danilo Barcelos; Raul, Lucas Mineiro e Lucas Santos (Yan Sasse); Yago Pikachu (Willian Maranhão), Tiago Reis (Maxi López) e Marrony
Técnico: Alberto Valentim

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Mais notícias sobre o jogo