Vasco x Chapecoense

Tudo sobre o jogo entre Vasco da Gama e Chapecoense no Maracanã pelo Campeonato Brasileiro 2019.

O Vasco escolheu jogar sua última partida do ano no Maracanã para comemorar a permanência na série A do Campeonato Brasileiro e a vaga na Sul-Americana, após um ano muito difícil para o clube dentro e fora do campo. Para o duelo diante da rebaixada Chapecoense, a torcida compareceu em peso, mas viu a equipe desperdiçar muitos gols e sofrer o empate nos acréscimos do segundo tempo.

O placar de 1 a 1 foi construído apenas no final do segundo tempo. Pikachu abriu o placar de pênalti e Vini Locatelli empatou para a equipe de Chapecó. O Vasco terminou o Campeonato Brasileiro na 13ª colocação com 49 pontos. Já a Chapecoense foi a vice-lanterna com 32 e jogará a Série B em 2020.

O jogo

Diante de um Maracanã lotado, Vasco e Chapecoense mais pareciam disputar um amistoso festivo. O Cruz-Maltino teve uma oportunidade relâmpago antes de um minuto de jogo e levantou a torcida. Rossi recebeu na ponta direita e cruzou pelo alto. Marrony subiu mais que a zaga e cabeceou por cima do gol.

Em ritmo de treino, o Vasco manteve o domínio da posse de bola, mas a Chape marcava bem e não era ameaçada.

As melhores chances do Vasco foram aos 21, quando Guarín cruzou da direita e João Paulo e Ribamar não conseguem a finalização; aos 27, após cobrança de falta de Guarín na barreira, Henríquez mandou uma bomba que João Ricardo defendeu para escanteio; e aos 34, em nova cabeçada de Marrony após escanteio da esquerda, que o goleiro da Chape defendeu.

Na volta do intervalo, o Vasco retornou com mais vontade e deu novo ritmo ao jogo. Aos 3, Rossi avançou pela direita, se livra de dois e chuta rasteiro, mas João Ricardo defende.

Aos 6 a pressão ficou mais intensa. Fellipe Bastos desvia cruzamento de cabeça mas Ribamar não alcança. Na sequência, Raul recupera a bola na saída de jogo da Chape e serve Ribamar livre, mas ele finaliza por cima do gol. A torcida pediu e Luxemburgo tirou Ribamar e colocou o xodó Gabriel Pec.

A Chape teve um bom momento aos 15, em bela jogada de Camilo. O meia dominou no peito e bateu de voleio na trave. O Vasco voltou a carga e o primeiro gol quase saiu aos 21. Marrony recebe lançamento de Pec e entra na área. O goleiro João Ricardo tira a bola do atacante e no rebote Rossi manda para fora com o gol vazio.

Mesmo com o espaço dado pela Chape, o Vasco não conseguia abrir o placar no Maracanã, até que aos 36 Pikachu cruzou e Maurício Ramos colocou a mão na bola dentro da área. O mesmo Pikachu bateu no canto de João Ricardo e colocou o Vasco em vantagem.

Aos 43, quase sai o segundo. Marcos Rossi puxa o contra-ataque e toca para Rossi, que domina e bate no ângulo, mas João Ricardo fez grande defesa.

O Cruz-Maltino não contava com uma reação da rebaixada Chapecoense em pleno Maracanã, mas a equipe catarinense não se conformou com a derrota. Aos 47, a defesa vascaína dá bobeira e Locatelli cabeceia para o gol após receber de Dalberto.

FOTOS (Vasco 1 x 1 Chapecoense)

Luxemburgo (Vasco 1 x 1 Chapecoense)

Pikachu e Rossi (Vasco 1 x 1 Chapecoense)

Fredy Guarín (Vasco 1 x 1 Chapecoense)

Rossi (Vasco 1 x 1 Chapecoense)

Ribamar (Vasco 1 x 1 Chapecoense)

VÍDEO (Vasco 1 x 1 Chapecoense)

FICHA TÉCNICA
VASCO 1 X 1 CHAPECOENSE

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 8 de dezembro de 2019 (Domingo)
Horário: 16h(de Brasília)
Árbitro: Pablo Ramon Goncalves Pinheiro (RN)
Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (Fifa-SP) e Rafael da Silva Alves (RS)
Cartões Amarelos: Henrique, Yago Pikachu (Vasco); Caíque Sá, Elicarlos, Maurício Ramos (Chape)
Público: 67.395 (61.021 pagantes)
Renda: R$ 2.713.506,00
Gols:
VASCO: Yago Pikachu, aos 38 min do 1º tempo
CHAPECOENSE: Vini Locatelli, aos 47 min do 2º tempo

VASCO: Fernando Miguel (Sidão), Yago Pikachu, Leandro Castán, Oswaldo Henríquez e Henrique; Fellipe Bastos (Marcos Júnior), Freddy Guarín e Raul; Rossi, Marrony e Ribamar (Gabriel Pec)
Técnico: Vanderlei Luxemburgo

CHAPECOENSE: João Ricardo, Eduardo, Douglas, Maurício Ramos e Caíque Sá; Márcio Araújo, Tharlis (Vini Locatelli), Elicarlos e Camilo; Roberto e Arthur Gomes (Dalberto)
Técnico: Emerson Cris

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Mais notícias sobre o jogo