Vasco usa susto na Bolívia como exemplo contra a Universidad de Chile

O Vasco da Gama enfrentará a Universidad de Chile nesta terça-feira e susto contra o Wilsterman vira exemplo para o jogo.

Com a "chave" virada novamente para a Libertadores o Vasco se prepara para pegar a Universidad de Chile, amanhã, em São Januário. Antes da estreia da fase de grupos, a lição na terceira fase, contra o Jorge Wilsterman, voltou a ser assunto. O time de Zé Ricardo goleou por 4 a 0 em casa, mas perdeu pelo mesmo placar na Bolívia e se classificou nos pênaltis.

— Aquela partida nos ensinou que temos que entrar sempre querendo competir e vencer. Vibração e intensidade até o apito final. Não podemos relaxar e dar chance para os adversários — disse o meio-campo Evander, destaque na vitória sobre o Madureira, no sábado, e cotado para voltar ao time titular.

Depois de atuar com time misto pela Taça Rio, o Vasco treinou ontem e hoje faz o apronto para começar a participação no grupo 5, que tem ainda Racing e Cruzeiro, o próximo adversário.

A observação de Evander e também de Paulinho pode gerar mudanças diante da Universidad de Chile, que chegou ao Rio ontem. O jogador mais conhecido da torcida é o zagueiro Rafael Vaz, com passagem pelo Vasco e pelo Flamengo. Mas o técnico Zé Ricardo alertou para outras peças perigosas.

Leia mais sobre: Vasco x Universidad de Chile, Libertadores

Comentários

Leia também