Vasco precisa quebrar um incomodo tabu para ir à Libertadores

A equipe do Vasco da Gama empatou cinco dos seis jogos que fez como mandante neste Campeonato Brasileiro.

O Vasco chega a última rodada do Brasileirão com condições muito favoráveis para conseguir a sonhada vaga na próxima Libertadores. Dependendo apenas de si, basta uma vitória contra a já rebaixada Ponte Preta, em São Januário, no próximo domingo, para conseguir a classificação. Não é à toa que é o time carioca com mais chances de ir para a competição continental, com 60% (segundo site 'Infobola'). Para isso, o Cruz-Maltino precisa quebrar um incomodo tabu: os empates em 1 a 1 nos últimos jogos em casa.

Dos últimos seis jogos que o Vasco fez mandando jogos no Rio de Janeiro, empatou cinco em 1 a 1. A única vitória foi no clássico contra o Botafogo, no Maracanã, por 1 a 0. O curioso é que todas as igualdades foram contra times que estavam abaixo do Cruz-Maltino na tabela, três delas brigando pelo rebaixamento. Além disso, em algumas dessas situações o time tinha a chance de entrar no G7 e acabou desperdiçando.

Isso serve de alerta para os jogadores vascaínos. Para não vacilar no 'jogo do ano', o técnico Zé Ricardo disse que o principal a ser trabalhado esta semana era a parte psicológica dos atletas, que precisam ter concentração total na partida.

Capitão da equipe, Martin Silva garantiu que concentração será problema para o time no domingo. Segundo ele, a vontade do grupo de presentear a torcida com a vaga na Libertadores é grande e todos vão estar preparados.

- Estamos um passo mais perto da Libertadores e vamos dar tudo até o fim. Concentração é fundamental, mas acredito que não teremos problema. O grupo está focado. Nossa vontade de entregar uma classificação para a Libertadores para todo mundo é enorme.

Leia mais sobre: Vasco x Ponte Preta, Campeonato Brasileiro

Comentários

Leia também

Copyright © 2010-2017 Vasco Notícias. Todos os direitos reservados. Política de PrivacidadeFale ConoscoSobre nós