Vasco está há 22 dias sem jogos e inicia Brasileiro mais descansado

O Vasco da Gama ficou 22 dias sem jogos oficiais e inicia o Campeonato Brasileiro como a é equipe mais descansada.

Fadiga não será desculpa para o Vasco na estreia no Campeonato Brasileiro, neste domingo, às 16h, contra o Palmeiras, no Allianz Parque (SP). Eliminado no Campeonato Carioca e na Copa do Brasil, a equipe ficou 22 dias sem partidas oficiais e é a mais descansada entre os times da Série A.

Como não participa dos torneios sul-americanos e nem da Primeira Liga, ao Cruzmaltino só restou a competição nacional, onde retorna à elite após obter a terceira colocação ano passado na Série B.

O clube mais próximo de tempo inativo neste período foi o São Paulo, que ficou 17 dias sem atuar até ser eliminado na última quinta-feira (11) para o Defensa y Justicia (ARG) na Copa Sul-Americana.

O Palmeiras, adversário deste domingo, teve uma semana de preparação para a estreia no Brasileiro. Seu último jogo foi a derrota por 3 a 2 para o Jorge Wilstermann (BOL), dia 3, pela Copa Libertadores.

Jogos-treinos

Vasco disputou jogo-treino contra o Bangu e venceu por 1 a 0

Durante o período sem partidas, o Vasco realizou dois jogos-treinos em São Januário, quando venceu o Bangu por 1 a 0 com gol do jovem meia Andrey, e o Audax por 4 a 3, com gols de Éderson (dois), Evander e do zagueiro Ricardo.

Saídas

Nestes 22 dias, o Vasco formalizou a rescisão de contrato com Rodrigo após três anos de serviços prestados do zagueiro. Ele foi para a Ponte Preta.

Outro que está de saída é o atacante Éderson, que está a caminho do Atlético-PR. O Cruzmaltino já o liberou e ele aguarda apenas a resolução da documentação para assinar com o Furacão.

Anteriormente ao período inativo, o Vasco já havia vendido o zagueiro Luan para o Palmeiras.

Chegadas

Em compensação, o Vasco já acertou com o volante Bruno Paulista, ex-Sporting (POR), e está bem próximo de anunciar o zagueiro Paulão, do Internacional.

O clube também aguarda uma rescisão de Anderson Martins com o Umm-Salal, do Qatar, para celebrar o retorno do defensor campeão da Copa do Brasil de 2011 pelo Cruzmaltino.

Polêmicas

A inatividade de jogos também rendeu algumas polêmicas. O atacante Luís Fabiano, por exemplo, não gostou da forma como foi conduzida a saída de Rodrigo do Vasco. Melhor amigo do zagueiro no grupo, o artilheiro chegou a cogitar deixar o clube, mas a situação foi contornada.

Outros jogadores neste período também reclamaram da carga de treinamentos do técnico Milton Mendes.

Leia mais sobre: Vasco x Palmeiras, Campeonato Brasileiro

Comentários

Leia também

Copyright © 2010-2017 Vasco Notícias. Todos os direitos reservados. Política de PrivacidadeFale ConoscoSobre nós