Narrador vê São Januário como maior trunfo do Vasco na Libertadores

O narrador Luiz Carlos Júnior afirmou que o Vasco terá que conquistar as vitórias em casa e jogar fechado fora.

Apesar de estrear na fase de grupos da Libertadores nesta terça-feira, o Vasco já sofreu com um choque de realidade com a classificação em cima do Jorge Wilstermann, na Bolívia. Para Luiz Carlos Júnior, narrador do SporTV, a derrota por 4 a 0 e a classificação nos pênaltis em Sucre colocou o time na realidade, já que as vitórias no jogo de ida contra os bolivianos e o triunfo em cima do Universidad Concepción podem ter deixado as esperanças dos vascaínos um pouco elevadas.

De acordo com o narrador, o Vasco ainda está atrás das grandes forças do grupo: Racing-ARG e Cruzeiro. Segundo ele, o maior trunfo do Cruz-Maltino será São Januário e o clube terá que conquistar os resultados em casa.

- O último jogo contra o Jorge Wilstermann coloca o Vasco mais ou menos na realidade atual. Ele briga com Racing e Cruzeiro em desigualdade de condições. O Vasco é mais fraco que o Racing e o Cruzeiro. O que não quer dizer que não se classifique. O Vasco vai ter que ser muito forte em São Januário. Precisa muito dos resultados em casa. Talvez contra o Jorge Wilstermann o Vasco tenha caído na real. Fora de casa, o Vasco tem que jogar fechadinho, por uma bola... O grupo é duríssimo.

Além do narrador, participaram do "Seleção SporTV" o comentarista Júnior e Eric Faria. Para o repórter, a derrota do Cruzeiro para o Racing pode ser considerada boa para o Vasco. Segundo ele, em caso de vitória do time comandado por Zé Ricardo, o elenco chegará para a segunda rodada - contra a Raposa no Mineirão - com tranquilidade.

- A primeira fase da Libertadores é um torneio de seis jogos. Você tem que pensar assim. E, às vezes, a tabela ajuda. O Cruzeiro já largou atrás ao perder para o Racing. O Vasco, em tese, pega um adversário mais ou menos do nível dele, em casa. Se ele ganhar, ele vai para a próxima rodada, contra o Cruzeiro no Mineirão, tranquilo por um empate. Pode jogar fechado. Ele já tirou o peso e joga nas costas do rival.

Leia mais sobre: Vasco x Universidad de Chile, Libertadores

Comentários

Leia também