Mauro Galvão diz que "nervosismo" pode ajudar o Vasco contra o Ceará

Para o ex-jogador Mauro Galvão, o nervosismo da partida contra o Ceará pode deixar os jogadores do Vasco mais atentos.

O Vasco imaginava cumprir tabela ou pelo menos brigar pelo título da Série B na última rodada, mas a queda de rendimento deu contornos dramáticos para a partida contra o Ceará, neste sábado, no Maracanã, quando o time terá de vencer para não ter o futuro definido por um resultado paralelo. Campeão brasileiro pelo clube em 1997, o ex-zagueiro Mauro Galvão acredita que o momento de "tensão" pode ser usada de maneira positiva pelo clube. Para o ex-jogador, o nervosismo da partida pode deixar os jogadores mais atentos.

- É difícil não ter um pouco de nervosismo, isso faz parte do jogo, da competição. Às vezes, se você não estiver nervoso, começam os problemas, talvez isso tenha atrapalhado, o time relaxou um pouco, talvez se sentisse já na primeira divisão (...)  Isso que aconteceu não vai acontecer porque agora certamente todos estão muito preocupados, atentos, sabendo que esse jogo o Vasco não pode errar. Essa é a última oportunidade e a gente espera que a torcida novamente ajude, vá ao Maracanã para ajudar o Vasco a voltar para a primeira divisão - disse, em entrevista ao "SporTV News".

Apesar da queda de rendimento e dos 40 gols sofridos em 37 rodadas, o ex-zagueiro acredita que a "responsabilidade" precisa ser compartilhada e defendeu os jogadores que hoje cumpre a função que exerceu no passado, quando também fez parte do time que conquistou a Libertadores em 1998.

- A equipe de uma forma geral caiu, tanto na parte ofensiva quando na parte defensiva. Aconteceram problemas e a equipe não conseguiu manter o nível. Isso geralmente acaba estourando na defesa, então, é difícil dizer que a defesa é a culpada. Acho que ela está na média dos outros times, não é muito melhor, nem pior. O time tem que estar funcionando bem - considerou. 

No entanto, Mauro Galvão fez uma ressalva: a comparação seria muito diferente se o time estivesse na Série A. Para o ex-zagueiro, caso o Cruz-Maltino confirme o acesso, será preciso fazer mudanças para jogar a elite no ano que vem e poder brigar de igual para igual com os adversários. 

- Essas dificuldades estão sendo de uma forma para alertar o clube porque se a Série B está tendo problema, na Série A as coisas vão ser piores. Então, tem que se reforçar. O Vasco tem que ter jogadores que sejam capazes de jogar uma série A e, principalmente, jogar bem. Não adianta só retornar se o clube não se preparar, se não houver planejamento para que a equipe tenha condições de disputar o campeonato, não só participar, para poder ter chances de ganhar ou buscar outra colocação, uma Libertadores, enfim, um lugar que seja lugar de um clube como o Vasco - disse.  

Vasco e Ceará se enfrentam sábado, às 17h30, com transmissão ao vivo do SporTV. Em quarto lugar com 62 pontos, a equipe comandada por Jorginho precisa vencer para garantir o retorno à primeira divisão. Em caso de derrota ou empate, terá de torcer para que o Náutico, quinto colocado, não derrote o Oeste, na Arena Pernambuco, no mesmo horário.

Leia mais sobre: Vasco x Ceará,

Comentários

Leia também

Copyright © 2010-2017 Vasco Notícias. Todos os direitos reservados. Política de PrivacidadeFale ConoscoSobre nós