Opiniões na imprensa sobre vitória do Vasco contra a Universidad de Chile

A imprensa analisou a vitória do Vasco da Gama contra a Universidad de Chile pela Libertadores.

O Vasco precisava de uma vitória por dois gols de diferença diante da Universidad de Chile, fora de casa, pela última rodada da fase de grupos da Libertadores, para conseguir ficar em terceiro lugar na chave e se classificar para Copa Sul-Americana. E na base da superação, o Gigante da Colina cumpriu seu objetivo e ganhou de 2 x 0, com gols de Bruno Silva e Yago Pikachu.

Veja como a imprensa analisou o heroico triunfo do time carioca:

William Tavares (ESPN Brasil): a tarefa do Vasco era um negócio ingrato, difícil, equipe que foi goleada três vezes nessa Libertadores, a pressão em cima do Zé Ricardo também estava grande. E o Vasco conseguiu mais uma vez surpreender, se superar, descolar um resultado fora de casa com número de gols que precisava e passar para Sul-Americana.

Arnaldo Ribeiro (ESPN Brasil): era uma questão de honra (vencer o Universidad de Chile e passar para Sul-Americana) por tudo aquilo que o Vasco vinha vivendo nos últimos dias. É uma Libertadores para se esquecer, mas restou a Sul-Americana, que é uma outra coisa, vai começar para o Vasco depois da Copa do Mundo e pode ser um alento.

Rodrigo Bueno (Fox Sports): muito heroico (o Vasco). Especialmente dois jogadores foram muito bem: o Wagner que cuida da armação teve participação direta no primeiro gol do Vasco, foi o cara que comandou a equipe dentro de campo e Zé Ricardo teve mérito para trabalhar com o vestiário depois de tanta confusão. Outro é o Martín Silva, que é uma segurança que o Vasco tem. Nesse elenco do Vasco ele é um dos principais jogadores.

Raphael Rezende (SporTV): esse Vasco está enfraquecido, isso é indiscutível, de 2017 para 2018. Sempre trabalhado de maneira profissional, com hombridade, buscando dentro dos jogos ser competitivo na medida do possível. Conseguiu um classificação depois do episódio da foto, eu tinha como expectativa de um jogo muito mais complicado.

Fernando Campos (Esporte Interativo): Vasco fez uma partida madura e muito digna em Santiago. A vaga na Sul-americana precisa ser comemorada dentro de um clube tão confuso e com uma herança tão maldita que impossibilita sonhos maiores. Time jogou de forma organizada e dominou a LA U.

Leia mais sobre: Vasco x Universidad de Chile, Libertadores

Comentários

Leia também