Eurico Miranda teria assinado confissão de dívida com empresa de turismo

Antes de deixar o Vasco, Eurico Miranda teria assinado confissão de dívida de R$ 500 mil com a Hotel a Jato Operação Turística.

Problemas no Vasco. De acordo com informações do Blog Panorama Esportivo, do jornal “O Globo”, Eurico Miranda deixou a administração do clube com uma herança nada boa para Alexandre Campello. Na semana passada, nos últimos momentos de sua gestão, ele assinou confissão de dívida com a empresa responsável pelas viagens do clube no valor de R$ 500 mil.

A Hotel a Jato Operação Turística é responsável tanto pelas viagens do futebol profissional quanto da equipe masculina de basquete, na disputa do NBB. Desde que a crise financeira do clube se acentuou, os problemas para quitar as passagens aéreas e as hospedagens têm sido recorrentes.

Para a viagem contra o Concepción, do Chile, dia 31, pela segunda fase da Libertadores, o clube teve dificuldades para pagar as passagens, já reservadas. Na semana passada, quando teve que dividir a administração do clube com Julio Brant e Fernando Horta, Eurico se recusou a fazer o pagamento. Depois de eleito, uma das primeiras medidas de Alexandre Campello foi resolver a pendência e garantir a viagem da delegação vascaína.

Leia mais sobre: Eurico Miranda

Comentários

Leia também

Copyright © 2010-2018 Vasco Notícias. Todos os direitos reservados. Política de PrivacidadeFale ConoscoSobre nós