Declarações dos jogadores do Vasco após o jogo contra a La U

Declarações dos jogadores do Vasco da Gama após o jogo contra a Universidade de Chile em São Januário.

Yago Pikachu: - A gente não esperava. Jogar em casa tem que ser nossa fortaleza, e temos que buscar resultados positivos.

Yago Pikachu: - A gente não esperava por esse resultado. Jogar em casa tem que ser nossa fortaleza e temos que conseguir os resultados positivos. Infelizmente a gente não conseguiu. Agora é levantar a cabeça e buscar pontos fora de casa. 

Martín Silva: - A gente estava indo bem, às vezes ficando demais na linha de fundo. Aí em um lance que perdemos a marcação, deu o meio para o rival e eles completaram. A gente podia ter evitado. Agora é levantar a cabeça e buscar pontos fora de casa. Sabemos que é difícil, mas para o Vasco não é impossível. 

Paulinho: - O Professor me colocou, mas infelizmente não consegui corresponder. Ficou de aprendizado para os próximos jogos, entramos muito nervosos hoje.

Paulinho: - No primeiro tempo estávamos um pouco apáticos. Nervosismo atrapalhou. Agora é trabalhar e com os treinamentos resolver os problemas. Daqui pra frente é só pensar em ganhar, é briga de cachorro grande. Temos que entrar em todos os jogos para vencer.  

Wellington: - É complicado. Fomos ao nosso limite. O gol foi num lance isolado. Tivemos posse, criamos... Infelizmente, não foi o resultado esperado. Agora, é olhar para a frente

Wellington: - Ninguém é mais homem que ninguém ali, mas ninguém vai sair da frente. Tem de ter o controle para você não prejudicar a equipe, ser expulso... Até a pressão tem de ser controlada. Vamos nos esforçar ao máximo para nas próximas rodadas. O meu cansaço é normal, de jogo

Leia mais sobre: Vasco x Universidad de Chile, Libertadores

Comentários

Leia também