Confira o que deu certo e errado no Vasco contra o Chapecoense

O Vasco fez um primeiro tempo apático, mas conseguiu melhorar na última etapa, empatou e teve chance de virar o placar.

O Vasco empatou com a Chapecoense em 1 a 1, domingo, na Arena Condá, depois de ter saído em desvantagem no placar. A reação da equipe começou na segunda etapa, com uma mudança total de postura após uma cobrança forte do técnico Zé Ricardo e dos próprios jogadores.

Na primeira etapa, apatia, toques para o lado sem objetividade e muitos erros. Na volta do vestiário, o treinador tirou Rafael Galhardo e colocou Thiago Galhardo. Pikachu passou a ser o lateral. A mudança, junto com a nova postura, foi determinante para o time reagir.

Thiago Galhardo melhorou a criação, se movimentou e fez Wagner melhorar sua produção. Foi de Galhardo a jogada para Andrés Ríos driblar o goleiro Jandrei e marcar o gol vascaíno. Zé Ricardo não recuou o time com a vantagem. Pelo contrário. Tirou Wellington e colocou Evander para ganhar nos passes longos e finalizações de fora da área. Mas foi de cara para o gol que o jovem atleta teve a chance de virar o placar e falhou após dar uma furada.

Depois da partida, o sentimento da comissão técnica e dos jogadores foi de que o ponto conquistado ficou de bom tamanho. O próximo desafio do Vasco é o duelo com o Racing, quinta-feira, em São Januário, pela Libertadores.

Leia mais sobre: Vasco x Chapecoense , Campeonato Brasileiro

Comentários

Leia também

Copyright © 2010-2018 Vasco Notícias. Todos os direitos reservados. Política de PrivacidadeFale ConoscoSobre nós