Vasco x Chapecoense

Tudo sobre o jogo do Vasco da Gama contra a Chapecoense na Arena Condá pelo Campeonato Brasileiro 2018.

Chapecoense e Vasco empataram por 1 a 1 em partida disputada na tarde deste domingo, na Arena Condá, em Chapecó, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O resultado fez o time de São Januário chegar aos quatro pontos ganhos e ocupar a terceira colocação. A Chapecoense, que ainda não venceu, conquistou seu primeiro ponto na competição e está na 17ª posição.

O resultado foi justo porque a partida foi muito fraca do ponto de vista técnico. A Chapecoense começou melhor e saiu na frente com Wellington Paulista, mas caiu de produção na etapa final e permitiu que o time de São Januário chegasse ao empate com um gol marcado por Andrés Rios.

Na próxima rodada, a Chapecoense vai visitar o Palmeiras, na Arena Palmeiras. Já o Vasco vai enfrentar o Santos, no Pacaembu.

O jogo – Antes do primeiro minuto, a partida começou, o volante Wellington recebeu cartão amarelo por ter atingido um adversário com o cotovelo. A Chapecoense que vem de resultados ruins, começou a partida com muita cautela. O Vasco, de esquema novo, com apenas dois volantes, também trocava passes com lentidão, preferindo estudar o adversário.

O primeiro momento de perigo aconteceu aos oito minutos quando Apodi cruzou e Arthur Caíke cabeceou por cima do travessão defendido por Martín Silva. O time dirigido por Zé Ricardo seguia atuando com muita lentidão e quase não chegando na área catarinense.

A Chapecoense atacava pelo lado direito, onde o lateral Apodi era lançado constantemente pela direita. Aos 18 minutos, a Chapecoense marcou o primeiro gol. Vinicius Freitas cruzou da esquerda e Wellington Paulista se aproveitou da indecisão de Paulão para cabecear para as redes de Martín Silva. Aniversariante do dia, Wellington Paulista foi muito festejado pelos companheiros.

Mesmo perdendo, o Vasco não modificou sua forma de jogar. Continuou trocando passes de forma muito lenta e encontrando dificuldades para penetrar na defesa do time de Chapecó.

Aos 24 minutos, Wellington Paulista arriscou de longe e quase surpreendeu Martín Silva. O Vasco respondeu no minuto seguinte com um chute longo de Yago Pikachu que foi defendido por Jandrei, sem qualquer dificuldade. O time da casa continuava melhor e Luiz Antonio mandou uma bomba, aos 29, mas a bola explodiu na zaga e saiu para escanteio.

Depois de meia hora de jogo, o Vasco continuava sem qualquer inspiração, trocando passes laterais e não conseguindo achar espaços na defesa adversária.

O jogo caiu de ritmo porque a Chapecoense se preocupava em administrar a vantagem, enquanto o Vasco não conseguia chegar no ataque. Só aos 40 minutos é que a equipe de São Januário chegou na área adversária com um chute do zagueiro Werley que foi defendido, sem problemas, por Jandrei.

O técnico Gilson Kleina precisou queimar uma substituição porque Luiz Antonio sentiu dores na coxa e foi substituido por Nadson.

O Vasco voltou para o segundo tempo com o meia Thiago Galhardo na vaga do lateral Rafael Galhardo. A mudança fez o time de São Januário subir de produção e passar a colocar em perigo a defesa da Chape.

Aos nove minutos, o Vasco empatou. Thiago Galhardo recebeu pela direita e cruzou para Andrés Rios que ainda driblou o goleiro Jandrei antes de tocar para as redes e deixar tudo igual.

Depois do empate, o time dirigido por Zé Ricardo continuou melhor em campo, enquanto a Chapecoense errava muitos passes e irritava a torcida. Aos 22 minutos, Wellington Paulista, apagado no segundo tempo, foi derrubado na entrada da área, mas a cobrança não deu nada.

O Vasco parecia mais satisfeito com o placar e tentava administrar o resultado. Mesmo assim, quase marcou com Wagner aos 29 minutos. Aos 31, o Vasco teve nova chance de desempatar quando Andrés Rios deixou Evander na cara do gol, mas o meia furou e desperdiçou a chance.

O domínio carioca era total. Aos 35 minutos, Wagner cabeceou e Jandrei fez grande defesa. Só aos 39 minutos é que a Chapecoense apareceu com perigo em chute forte de Vinicius. Martín Silva deu rebote e Canteros chutou para fora.

FOTOS (Chapecoense 1 x 1 Vasco)

Zé Ricardo (Chapecoense 1 x 1 Vasco)

Andrés Ríos (Chapecoense 1 x 1 Vasco)

Rildo (Chapecoense 1 x 1 Vasco)

Thiago Galhardo (Chapecoense 1 x 1 Vasco)

Martín Silva (Chapecoense 1 x 1 Vasco)

VÍDEO (Chapecoense 1 x 1 Vasco)

FICHA TÉCNICA
CHAPECOENSE-SC 1 X 1 VASCO-RJ

Local: Arena Condá, em Chapecó (SC)
Data: 22 de abril de 2018, domingo
Horário: 16h00 (horário de Brasília)
Árbitro: Luiz Flavio de Oliveira (Fifa-SP)
Assistentes: Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP) e Herman Brumel Vani (SP)
Público: 8.675 pagantes
Cartão Amarelo: Wellington(Vas)
Gols:
CHAPECOENSE: Wellington Paulista, aos 18 minutos do primeiro tempo
VASCO: Andrés Rios, aos nove minutos do segundo tempo

CHAPECOENSE: Jandrei, Apodi, Rafael Thyere, Douglas e Vinicius Freitas; Amaral, Elicarlos, Canteros e Luiz Antonio(Nadson)(Leandro Pereira); Arthur Caíke e Wellington Paulista (Vinicius)
Técnico: Gilson Kleina

VASCO: Martín Silva, Rafael Galhardo (Thiago Galhardo), Paulão, Werley e Henrique; Leandro Desábato, Wellington (Evander), Yago Pikachu e Wágner; Rildo (Riascos) e Andrés Rios
Técnico: Zé Ricardo

Fonte: Gazeta Esportiva

Comentários

Mais notícias sobre o jogo