Vasco x Jorge Wilstermann

Tudo sobre o jogo do Vasco da Gama contra o Jorge Wilstermann em São Januário pela Libertadores 2018.

Deu Vasco da Gama no jogo de ida da terceira fase da Conmebol Libertadores 2018! Em São Januário, empurrado por sua apaixonada torcida, o Gigante da Colina derrotou o Jorge Wilstermann (BOL) pelo placar de 4 a 0 e adquiriu uma importante vantagem para a partida de volta. Os gols da grande vitória cruzmaltina foram marcados por Paulão, Paulinho, Yago Pikachu e Rildo.

Na próxima semana, na altitude da cidade boliviana de Sucre, o Almirante jogará por uma empate para carimbar o seu passaporte para a fase de grupos. Justificando o favoritismo e confirmando a classificação, o Vasco da Gama irá entrar na Chave 5 e terá como adversários na sequência da competição três equipes de tradição no continente: Cruzeiro, Racing (ARG) e Universidad de Chile (CHI).

O JOGO

Querendo repetir o que aconteceu nas partidas diante do Universidad Concepción, o Vasco da Gama se lançou ao ataque nos minutos iniciais em busca do primeiro gol. Aos três minutos, Henrique foi lançado por Wagner e cruzou para Evander finalizar por cima do gol. Logo em seguida, com cinco, Wagner recebeu de Evander e chutou com violência. A bola só não morreu no fundo das redes devido a uma espetacular defesa de Arnaldo Giménez. Melhor em campo, o Gigante da Colina foi premiado quando cronômetro marcava 18 minutos. Evander cobrou falta, Ricardo testou em cima do arqueiro e no rebote Paulão não desperdiçou: VASCO 1 x 0.

Com o domínio da partida, o Gigante da Colina seguiu criando oportunidades de ampliar a vantagem no placar. Aos 31 minutos, Evander roubou a bola e acionou Andrés Ríos. O argentino mandou um chute da entrada da área mas a redonda acabou acertando o zagueiro Alex Silva. O gol seguia tomando forma quando, aos 40, virou realidade e levantou a torcida em São Januário. O camisa 10 vascaíno cruzou e a defesa adversária cortou, mas o volante Wellington apareceu para ficar com o rebote. A bola quicou na área e sobrou para Paulinho cabecear por cima do goleiro e balançar as redes pela segunda vez na Libertadores: VASCO 2 x 0.

Na volta para o segundo tempo, o cenário foi mantido e o Vasco tomou a iniciativa com uma boa chance logo aos dois minutos. Henrique construiu uma bela jogada e deixou a bola nos pés de Evander, que chutou forte e viu o camisa 1 do Jorge Wilstermann espalmar para o lado. Mais tarde, quando o cronômetro marcava 11 minutos, a equipe boliviana chegou com Bergese, que recebeu na área e chutou cruzado mas viu a redonda sair pela linha de fundo. Na sequência, o Cruzmaltino teve uma boa falta cobrada com categoria por Wagner, porém o goleiro Giménez afastou o perigo. O adversário respondeu com um desvio de cabeça de Lucas Gaúcho, que acabou saindo por cima da meta vascaína.

Aos 31 minutos, o time de São Januário preocupou o adversário com mais um lance de perigo. O volante Wellington recebeu na entrada da área e bateu de chapa. O goleiro do Jorge Wilstermann apareceu para espalmar e evitar que o Cruzmaltino aumentasse a vantagem no placar. O Gigante da Colina pressionava e chegou com Riascos, aos 35 minutos, que acabou derrubado na área. Entretanto, a arbitragem ignorou o lance e não marcou penalidade máxima. Na sequência, Thiago Galhardo foi para a cobrança de escanteio e chegou bem perto do gol olímpico, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Aos 42, o Cruzmaltino ainda encontrou tempo para levantar a torcida com mais um tento. Após passe de Riascos, Yago Pikachu bateu rasteiro e mandou a redonda no fundo da rede: VASCO 3 a 0.

Enganou-se quem pensou que os minutos finais seriam para administrar o resultado. Atento a todas as oportunidades, o Vasco não perdeu a chance de garantir a goleada. Nos acréscimos, Thiago Galhardo cruzou na medida e Rildo não perdoou o time boliviano, mandando a redonda no fundo da rede: VASCO 4 a 0.

FOTOS (Vasco 4 x 0 Jorge Wilstermann)

Zé Ricardo (Vasco 4 x 0 Jorge Wilstermann)

Paulão (Vasco 4 x 0 Jorge Wilstermann)

Paulinho (Vasco 4 x 0 Jorge Wilstermann)

Yago Pikachu (Vasco 4 x 0 Jorge Wilstermann)

Rildo (Vasco 4 x 0 Jorge Wilstermann)

VÍDEO (Vasco 4 x 0 Jorge Wilstermann)

FICHA TÉCNICA
VASCO DA GAMA 4 x 0 JORGE WILSTERMANN (BOL)
Conmebol Libertadores 2018- Terceira fase- Jogo de ida

Local: Estádio de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 14 de fevereiro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)
Auxiliares: Diego Bonfa (ARG) e Gustavo Rossi (ARG)
Gols: Paulão (18/1T, Vasco da Gama), Paulinho (40/1T, Vasco da Gama), Pikachu (42/2T, Vasco da Gama) e Rildo (48/2T, Vasco da Gama)
Cartões amarelos: Aponte, Ronny Montero, Alex Silva, Zenteno, Lucas Gaúcho, Enrique Díaz e Serginho (Jorge Wilstermann) / Desábato (Vasco)

VASCO DA GAMA: Martín Silva, Yago Pikachu, Paulão, Ricardo e Henrique; Desábato, Wellington, Wagner (Rildo) e Evander (Thiago Galhardo); Andrés Ríos (Riascos) e Paulinho. Técnico: Zé Ricardo.

JORGE WILSTERMANN: Arnaldo Giménez, Alex Silva, Ronny Montero (Cristian Chávez), Zenteno, Aponte e Saucedo; Cristhian Machado, Bergese (Gilbert Álvarez) e Meleán; Serginho e Lucas Gaúcho. Técnico: Roberto Mosquera.

Fonte: Site Oficial do Vasco

Comentários

Leia também

Copyright © 2010-2018 Vasco Notícias. Todos os direitos reservados. Política de PrivacidadeFale ConoscoSobre nós