Vasco x Concepción

Tudo sobre o jogo do Vasco da Gama contra o Concepción-CHI em São Januário pela Libertadores 2018.

Mais um passo concluído! O Vasco da Gama voltou a superar o Universidad Concepción, na noite desta quarta-feira (07/02), no gramado de São Januário, no jogo de volta pela Conmebol Libertadores 2018. Desta vez, o triunfo foi garantido pelo placar de 2 a 0 e colocou o Gigante da Colina na próxima fase da competição. Os gols da vitória cruzmaltina foram marcados por Paulinho e Yago Pikachu. Vale lembrar que o time comandado por Zé Ricardo entrou em campo com a vantagem conquistada ainda no Chile, quando estreou diante do Concepción com goleada por 4 a 0.

Após subir mais um degrau na Conmebol Libertadores 2018, o Vasco terá pela frente o vencedor do duelo entre os bolivianos Jorge Wilstermann e Oriente Petrolero. No primeiro jogo, na casa do adversário, o Wilstermann levou a melhor pelo placar de 2 a 1. O reencontro entre as equipes acontece nesta quinta-feira (08).

O JOGO

Embalado por sua torcida, o Vasco logo mostrou que a vantagem não mudaria o desempenho dentro de campo. Com apenas cinco minutos de bola rolando, os donos da casa garantiram festa dos cruzmaltinos na arquibancada. O zagueiro Ricardo Graça deu um belo lançamento para Wagner, que invadiu a área a cruzou rasteiro para Paulinho completar: VASCO 1 a 0. O tento colocou o atleta de apenas 17 anos como o mais jovem a marcar com a camisa do Gigante na competição.

Mais tarde, aos 15, o adversário criou sua primeira oportunidade com uma bomba de Morales de fora da área. Martín Silva espalmou e, no rebote, Santiago Silva tentou a finalização mas estava em posição irregular. O time de São Januário respondeu aos 18, no contra-ataque em velocidade. Paulinho foi lançado e limpou o marcador, mas na finalização a redonda acabou ficando nas mãos de Muñoz. Quando o cronômetro marcava 26 minutos, Drouguett roubou a bola e acionou Santiago, que mandou por cima do gol.

Antes que o árbitro apitasse o fim da primeira etapa, o Gigante da Colina ainda teve tempo para ampliar a vantagem no duelo. Aos 41 minutos, Yago Pikachu começou boa jogada pela direita e entrou na área. Evander mandou de calcanhar e Paulinho apareceu para cruzar na medida para o lateral-direito, que cabeceou no fundo da rede: VASCO 2 a 0.

Na volta para o segundo tempo, aos 9 minutos, Paulinho tabelou com Pikachu e invadiu a área para completar o cruzamento, mas a bola acabou saindo pela linha de fundo. Na sequência, aos 12, Pikachu avançou pela direita, ganhou de Amarila e acabou parado por falta próxima a linha de fundo. Mais tarde, aos 22, o Vasco chegou perto do terceiro gol. Wagner tocou para Rios, que invaviu a área e cruzou. Paulinho apareceu para completar, mas Pacheco tirou quase em cima da linha.

Com o nome gritado pela torcida, Riascos entrou em campo e teve boas oportunidades de ampliar o placar. Aos 34, o atacante foi lançado em velocidade, ganhou do zagueiro mas acabou mandando a bola pela linha de fundo. Na sequência, ele recebeu um cruzamento de Henrique e tocou de primeira, mas viu a redonda passar à esquerda do gol.

FOTOS (Vasco 2 x 0 Concepción)

Zé Ricardo (Vasco 2 x 0 Concepción)

Paulinho (Vasco 2 x 0 Concepción)

Yago Pikachu (Vasco 2 x 0 Concepción)

Henrique (Vasco 2 x 0 Concepción)

Torcida (Vasco 2 x 0 Concepción)

VÍDEO (Vasco 2 x 0 Concepción)

FICHA TÉCNICA
VASCO DA GAMA 2 X 0 UNIVERSIDAD CONCEPCIÓN
Conmebol Libertadores 2018

Local: Estádio de São Januário, Rio de Janeiro (RJ)
Data: 7 de fevereiro de 2018 (quarta-feira)
Horário: 21h45 (de Brasília)
Árbitro: José Argote (VEN)
Auxiliares: Carlos Lopez (VEN) e Luiz Murillo (VEN)
Gols: Paulinho (05'/1ºT - Vasco) e Yago Pikachu (41'/1ºT - Vasco)
Cartões amarelos: Mencia, Morales, Benítez e Amarilla (Universidad Concepción)
Cartão vermelho: Erazo (Vasco) e De La Fuente (Universidad Concepción)

VASCO DA GAMA: Martín Silva, Yago Pikachu, Erazo, Ricardo Graça e Henrique; Desábato (Riascos), Wellington, Wagner (Andrey) e Evander (Paulão); Andrés Ríos e Paulinho. Técnico: Zé Ricardo.

UNIVERSIDAD CONCEPCIÓN: Cristián Muñoz, Guilherme Pacheco, Felipe Muñoz, Mencia e De la Fuente; Camargo, Pedro Morales e Droguett; Meneses, Santiago Silva e Jonathan Benítez (Luis Riveros). Técnico: Francisco Bozán.

Fonte: Site Oficial do Vasco

Comentários

Mais notícias sobre o jogo